Ao Vivo

estadao

Candidatos ao governo de SP participam de 1º debate na TV

Band promove encontro entre seis postulantes ao Palácio dos Bandeirantes neste sábado, 23, a partir das 22 horas. Alckmin cancela ida por problemas de saúde

O Estado de S. Paulo

Candidatos ao governo de São Paulo participam na noite deste sábado, 23, do debate promovido pela Rede Bandeirantes, a partir das 22 horas. O governador e candidato à reeleção Geraldo Alckmin (PSDB) havia confirmado presença, mas cancelou em razão de problemas de saúde.

Seis candidatos vão participar: Alexandre Padilha (PT), Gilberto Maringoni (PSOL), Gilberto Natalini (PV), Laércio Benko (PHS), Paulo Skaf (PMDB) e Walter Ciglioni (PRTB).

ACOMPANHE AO VIVO

Atualizar
  • 00h30

    24/08/2014

    Termina agora a cobertura do primeiro debate entre candidatos ao governo de São Paulo. Boa noite!

  • 00h29

    24/08/2014

    Por fim, o candidato Paulo Skaff (PMDB) fala sobre a importância da educação em tempo integral, programa que afirma ter implementado no SESI e SENAI. "Tenho um novo sonho, de dar a mesma oportunidade a todos os jovens de São Paulo. Para que, por meio de educação, tenham autonomia. No fim de 2018, quando terminar meu primeiro mandato, 400 mil alunos estarão em educação integral."  

  • 00h27

    24/08/2014

    Gilberto Natalini (PV) reforça, em suas considerações, que o Partido Verde deseja comandar o Estado de São Paulo "com um plano de governo que contempla todas as áreas". Promete extinguir 5 mil cargos políticos. "Do jeito que as coisas vão indo, daqui a pouco não teremos mais mundo para sobreviver", finaliza, falando sobre defesa ao meio ambiente.

  • 00h24

    24/08/2014

    Laércio Benko (PHS) agradece à coligação que o apoia e à Rede Sustentabilidade. "Já estamos com uma pessoa governando o Estado há 20 anos. Não merece mais 4 anos. Mas não adianta só mudar, é preciso renovar. É preciso acabar com a polarização."

  • 00h23

    24/08/2014

    Alexandre Padilha (PT): "Sempre vou valorizar um espaço como este". Padilha reforma a experiência como médico nas Universidades de São Paulo e nos governos de Dilma e Lula. "Quero ser governador de São Paulo para que o Estado mais rico do País tenha uma educação de qualidade."

  • 00h20

    24/08/2014

    Gilberto Maringoni (PSOL) defende não ter nada contra os demais candidatos. "Aqui no debate, não houve fantasia, não houve mágica, não houve filmes do Gotham City. Eu proponho que São Paulo mude a forma de se organizar para que volte a se desenvolver. Sei a importância de um Estado democrático. Viva a São Paulo de todos os povos, a São Paulo democrática."

  • 00h18

    24/08/2014

    Ciglioni (PRTB) se apresenta como um cidadão comum que deseja representar a sociedade. "Nosso partido tem propostas como o moto-médico, o anel viário, o aerotrem, que hoje é o monotrilho." Finaliza pedindo votos para Levy Fidelix, candidato à Presidência.

  • 00h16

    24/08/2014

    Os candidatos têm agora 2 minutos para as considerações finais. A ordem, definida previamento por sorteio, é Walter Ciglioni, Gilberto Maringoni, Alexandre Padilha, Laércio Benko, Gilberto Natalini e Paulo Skaf.

  • 00h16

    24/08/2014

    Laércio Benko (PHS) comenta sobre a degradação das escolas públicas nos anos 1980 e 1990. "Além de não ter salário adequado você, professor, perdeu sua autoridade. Meu primeiro ato como governador vai ser acabar com a progressão continuada." Ciglioni (PRTB), em tréplica, reforça o investimento em qualidade da educação de base e valorização de professores.

  • 00h14

    24/08/2014

    O candidado Walter Ciglioni (PRTB) é questionado sobre educação. "Precisamos investir na base. No primário, não há progressão, o aluno entra na escola. Tiraram a educação cívica da escola, vamos devolver. O aluno almoça na escola e estuda à tarde, isso é base. E valorizar o professor."

  • 00h12

    24/08/2014

    Na tréplica, Padilha (PT), afirma que reduzir a maioridade penal para 16 anos fará com que o tráfico alicie adolescentes de 14 anos. "Eu quero que todo jovem paulista que hoje é aliciado pelo crime possa ter todas as oportunidades que eu tive."

  • 00h12

    24/08/2014

    Em seu comentário, o candidato Paulo Skaff (PMDB) afirma ser a favor da redução da maioridade penal. "Porém, a solução em médio e longo prazo é a educação."

  • 00h11

    24/08/2014

    "Assistimos durante 20 anos o PSDB governar este Estado e não combater os maiores de idade que comentem crimes, que são responsáveis por 98% dos crimes cometidos."

  • 00h10

    24/08/2014

    A pergunta seguinte é direcionada ao candidato Alexandre Padilha (PT), que deve falar sobre sua opinião em relação à redução da maioridade penal. "Não precisamos criar novos mecanismos para que se mantenha em privação de liberdade os menores infratores. E sou contra a mudança na Constituição em relação à essa demanda."

  • 00h08

    24/08/2014

    "Se houver necessidade de rodízio, vai ser feito rodízio, não adianta esconder o sol com a peneira", finaliza Natalini (PV). Walter Ciglioni (PRTB) comenta: "É uma pena que agora a população tenha que ser penalizada". Em tréplica, Natalini reforça a preocupação do Partido Verde com os demais recursos naturais. "Temos que tratar do problema ambiental por atacado."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.