Terça-feira, 23 de Julho de 2002, 21:48 | Online

Mais de 800 caminhões atolados em MT

Mais de 800 caminhões e carretas estão parados, impedidos de trafegar na MT-100 em conseqüência dos atoleiros e buracos provocados pelas chuvas. A maioria dos carros parados transportava soja para o terminal rodoviário da Ferronorte, responsável pelo escoamento dos grãos do Mato Grosso pela ferrovia.

A estrada está bloqueada desde esta segunda-feira em virtude do protesto dos motoristas que reivindicam melhorias na rodovia estadual, que liga o município de Alto Taquari, região sul de Mato Grosso, ao Estados de Goiás e Mato Grosso do Sul. Responsável pelo transporte diário de até sete mil toneladas de grãos, as péssimas condições da rodovia comprometem o funcionamento do terminal da Ferronorte em Alto Taquari.

Pela MT-100 é escoada praticamente metade da produção de soja do Estado, o equivalente a cinco milhões de toneladas de grãos. A rodovia, que é de responsabilidade do governo do Estado, só deve ser liberada na manhã desta quarta-feira.

Segundo o secretário de Transporte de Alto Taquari, Irineu Bianchini, os motoristas estão dispostos a permanecer no local em protesto pelas péssimas condições da rodovia.

"A prefeitura já tinha reivindicado junto ao governo do Estado a recuperação da rodovia, mas, por causa da demora, o trecho estava sendo encascalhado com recursos do próprio município", disse ele.

Dos cerca de oito quilômetros da rodovia que estão totalmente comprometidos, a prefeitura já havia recuperado aproximadamente quatro quilômetros. Nos últimos dias, contudo, em virtude das chuvas, boa parte das obras de encascalhamento da rodovia também acabou sendo prejudicada.

:

    Publicidade: