Quarta-feira, 28 de Agosto de 2002, 13:09 | Online

Estoque zero reduz custo de logística da Dell Computers

Estoque zero. Este é o segredo do planejamento logístico bolado pela Dell Computers, conhecido como um dos mais bem sucedidos do mundo e base do crescimento vertiginoso da empresa norte-americana. De oitava posição no mercado de fabricantes de computadores do mundo em 99, a Dell já passou a quarta em 2001 e quer ser a segunda em 2003. Segundo o gerente de logística da companhia no Brasil, Gláucio Serra, a empresa não estoca nada: seus produtos saem da linha de produção da matriz, em Porto Alegre (RS) já com o nome e o endereço do comprador. Da entrada do pedido até a entrega do computador no endereço do consumidor são apenas sete dias. "O custo cai muito porque a empresa praticamente só produz o que vende" , diz Serra.

No País, a Dell tem parceria formada há três anos com a transportadora rodoviária gaúcha Expresso Mercúrio. As duas empresas falaram sobre o plano pela primeira vez durante o VIII Fórum Nacional de Logística, promovido esta semana pela Coppead no Rio de Janeiro. A Mercúrio, por sua vez, tem parcerias com a transportadora Expresso Araçatuba para cobrir as entregas da Dell na região Centro-Oeste e com a transportadora Rapidão Cometa para o transporte no Nordeste. Na Argentina, a Dell contratou a Andreani Logística, a maior transportadora do país.

De acordo com Serra, 50% das vendas de notebooks, desktops e outros produtos da Dell são feitas pela Internet. A partir da entrada do pedido, o setor de produção é acionado. O computador sai da fábrica direto para o cliente e tem sua entrega agendada, podendo ser tanto à noite como nos finais de semana. A entrega dos produtos nas empresas é casada com o processo de instalação dos computadores. "O modelo é desafiador e tem sua base na velocidade" , diz o executivo, que ficou seis meses nos EUA aprendendo tudo sobre a logística da Dell.

O diretor de operação da Mercúrio, Hélio Fração, conta que a transportadora acompanha todo o processo de entrega pela Internet e por rastreamento por satélite. Segundo ele, a carga que sai de Porto Alegre chega a São Paulo (principal mercado da Dell) 18 horas depois, com uma parada em Joinville (SC) para trocar de motorista. Somente no Sul e Sudeste, são 575 rotas cobertas diariamente. As duas empresas não informam a quantidade de carga transportada , alegando que o número é confidencial.

Leia mais sobre os setores de Transportes e Logística e de Tecnologia da Informação no AE Setorial, o serviço da Agência Estado voltado para o segmento empresarial.

:

    Publicidade: