Pequeno Cidadão 2

Estadão

21 Dezembro 2012 | 07h10

pequeno_cidad__o.jpg

(Por Natália Mazzoni)

“Mamãe tamo chegando? Mamãe tamo chegando?” A música que faz parte do novo CD do Pequeno Cidadão grudou na cabeça da equipe do Estadinho e ninguém consegue parar de cantar! Mas não foi só essa de que gostamos: Ficar Estranho, Pirou na Batatinha, Dez, Todo Dia, Fim de Semana, Tá de Noitinha

Tudo é muito bom no segundo álbum do grupo formado por Edgar Scandurra, Taciana Barros, Antonio Pinto e seus filhos Lucas, Joca, Juca, Dani, Manu, Estelinha e Luzia, com participação especial de Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown.
A turma se apresenta no próximo sábado (dia 22) em São Paulo e promete aprontar muito no palco. Serão duas apresentações, às 11 h e às 15 h, no Sesc Pinheiros (Rua Paes Leme, 195 – Pinheiros  São Paulo).

Entrevista com Taciana Barros

Estadinho: O que mudou neste segundo álbum?
Taciana Barros: Nestes 3 anos de estrada em que viramos uma banda, o Daniel assumiu os baixos, as crianças cresceram e aprenderam muito. Aprenderam a entender como acertar o fone no estúdio, o monitor no palco, a saber o que falar para o técnico. Esse novo CD tem mais canções, todas podem ser tocadas no violão, tem menos colagens pós-produção. Também trabalhamos mais horas em cima de cada música, foi um processo bem longo e denso. Tínhamos mais de 20 músicas, gravamos 18 e escolhemos 14.

Como foi a criação das músicas Galáxia e Pirou na Batatinha?
Fiz uma viagem para o Atacama e fiquei obcecada com o céu do deserto, nunca tinha visto um céu tão estrelado na minha vida. Vi com a Luzia os Anéis de Saturno e a Via Láctea perfeitamente, e tantas outras coisas, foi incrível. Daí o Antonio fez a música e me passou. Inspirada nesse céu, e nas ideias que tinha quando criança de imaginar um céu no teto do meu quarto, fui encaixando sílaba por sílaba na melodia que ele criou. Pirou na Batatinha foi a primeira que fiz para o novo CD. Começou como uma brincadeira no carro. Fomos brincando de rimar comida com bichos até termos uma boa quantidade de rimas. Com a letra pronta, compus a música e apareceu o refrão que também falava de comida! Classificamos essa de rock dadaísta!

Vocês misturam arranjos musicais muito bacanas com letras simples e delicadas. Essa é a marca do grupo?
Acho que sim. Nós pensamos na música de uma forma ampla, sem a preocupação de ser para criança. Gostamos de deixar rolar os solos, os vocais, ir fundo mesmo. A gente percebeu que as crianças curtem som assim, como os adultos, e nesse segundo CD nossa mente estava mais livre.

Entrevista com Luzia Barros

Luzia___Pequeno_Cidad__o.jpg

Luzia Barros, de 11 anos, filha da Taciana Barros, se diverte muito fazendo música.

Estadinho: O que o CD novo do Pequeno Cidadão tem de mais legal?
Luzia: Tem mais músicas das crianças e a gente cantou mais.

Como foram as gravações?
Gravamos em dois estúdios e isso foi legal. Um dos estúdios era do lado da minha escola e até minha prima de Salvador participou. Um dia, a gente teve ataque de riso no meio da gravação!

Qual sua música preferida do Pequeno Cidadão 2?
Minha preferida é a Dez, porque gosto do som e de cantar em várias línguas. 

O que você espera dos shows que irão fazer?
Espero me divertir, encontrar os meus amigos. Espero também que as crianças gostem.

Aplicativo Pequeno Cidadão

 

capa_pequeno_cidada__o2.jpg
Capa do CD Pequeno Cidadão 2

O grupo Pequeno Cidadão tem aplicativo para iPhone (com download gratuito) com 14 animações do primeiro CD e mais a música Pirou na Batatinha, do segundo álbum. Basta procurar na loja da Apple e digitar “Pequeno Cidadão”.

Na TV

Na segunda-feira (dia 24), o Canal Futura exibirá 14 clipes do primeiro CD do grupo. A atração vai ao ar às 21h30.

Bastidores

Não conhece ainda o som da banda? No vídeo abaixo você assiste aos bastidores da produção do CD e escuta trechos das músicas. Divirta-se!