Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Blogs

DROGAS

Canibalismo, efeito de droga sintética

A droga Cloud Nine e outras substâncias sintéticas conhecidas como 'sais de banho' podem provocar uma sensação de relaxamento extremo, ataque de pânico, apoplexia ou, inclusive, converter o usuário num canibal

Redação

08 Junho 2012 | 23h59

(Foto:Reuters) Eugene (à esq.) e sua vítima

A droga Cloud Nine e outras poderosas substâncias sintéticas conhecidas como “sais de banho” podem provocar uma sensação de relaxamento extremo, ataque de pânico, apoplexia ou, inclusive, converter o usuário num canibal da noite para o dia.

Segundo policiais de Miami (EUA), esta teoria pode explicar por que um homem nu comeu, no dia 26 de maio, em plena luz do dia, os olhos, o nariz, as bochechas e a boca de um mendigo.

Segundo Barbara Carrero, porta-voz da administração antidrogas americana (DEA), “certamente percebe-se um comportamento estranho de Rudy Eugene”, que ficou conhecido como “zumbi de Miami”. “Estas substâncias químicas são muito perigosas. Existem pessoas que as utilizam e depois dizem ‘Não vou prová-las mais, dão medo’”, acrescentou ela.

A Cloud Nine é uma das muitas substâncias sintéticas com nomes sugestivos – como Ivory Wave, Vanilla Sky ou White Lightning – conhecidas como “sais de banho”, que contêm derivados de um estimulante cerebral.

Proibida em vários estados do país e na lista de drogas controladas pela DEA desde outubro de 2011, o narcótico pode ser encontrado em lojas ou postos de gasolina, além da internet.

“A substância é vendida por entre US$ 18 e US$ 40 a unidade”, conta TG, uma fonte que pediu anonimato e que vendia a droga em uma loja de Washington.

Quem a comprava? “Mendigos, advogados, qualquer um entre 18 e 75 anos. Esta era a parte estranha. Pensavam que era algo que podia agitar suas mentes sem violar a lei”, acrescentou TG.

O traficante afirmou jamais ter consumido Cloud Nine mas, por outros que o fizeram, assegurou que produzia “vários efeitos, do relaxamento a leves apoplexias”.

Em um documento, o DEA alerta que esta substância pode produzir “agitação, insônia, irritação, enjoo, depressão, paranoia, delírios, pensamentos suicidas, apoplexias e ataques de pânico”.

Embora canibalismo ainda não apareça na lista da agência americana, autoridades de Miami suspeitam que Eugene tenha consumido “sais de banho” antes de comer o rosto de um mendigo quase inconsciente. Horas depois ele morreu baleado por um agente.

Yovonka Bryant, namorada do criminoso, disse que ele não usava drogas nem mostrou sinais de violência durante a relação que eles mantiveram por quatro meses. Mas a Justiça provou que Eugene esteve preso diversas vezes por crimes relacionados à posse e ao uso de maconha.

Em outro incidente, também em Miami, um jovem de 21 anos invadiu um restaurante gritando obscenidades e tentou comer a mão de um policial. Acredita-se que também estava sob os efeitos de Cloud Nine.

“Cuidado ao lidar com a população sem teto”, advertiu o departamento de polícia de North Miami Beach a seus agentes. A polícia também pediu que os cidadãos informem caso suspeitam que alguém use esta droga.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato