Mamães plugadas na web

Debutantes da maternidade trocam dicas e experiências nas redes sociais. Elas estão presentes no Facebook, Orkut, blogs, Twitter e em diversos sites. Hoje, na internet, estreia o programa 'Marmita Baby', com a atriz Vanessa Giácomo

Redação

08 Maio 2011 | 10h54

ALINE NUNES

“Meninas, quando a Melina tiver 6 meses, quero matriculá-la na natação. Alguma sugestão de academias?”, pergunta uma das 66 mamães da comunidade. A psicóloga Juliana Castro, 34 anos, fundadora da Mães de Primeira Viagem, no Facebook, responde à colega sobre um programa de hidrobaby. Há 5 anos morando em Brasília, a baiana Juliana viu-se sozinha nos primeiros choros e trocas de fraldas de Yasmin, hoje com 4 meses. Sem contato com a família – que reside em Salvador – e com as 48 horas de plantões do marido, que é médico, ela viu na internet a possibilidade de sanar dúvidas comuns a mulheres que nunca foram mães. E foi entre uma navegada e outra do Facebook que, desde março, ela aprendeu coisas como tratar refluxo e cólicas e se é ou não permitido o uso de filtro solar nos recém-nascidos.
Para qualquer lugar que Juliana vai, ela carrega o celular. Com ele, consegue ficar de olho na rede social e responder às outras mamães. Por dia, elas compartilham, no mínimo, de quatro a cinco dúvidas e dicas. Os assuntos são variados, das opções de papinha ao uso de DVD portátil em carros que transportam bebês. Ninguém fica sem resposta no grupo. Elas elaboraram até um guia de estabelecimentos que têm fraldário. “O fraldário é uma das coisas que a gente mais reclama. Nunca encontramos”, diz Juliana. E como essa convivência acaba sendo diária, as amigas estendem as conversas virtuais para encontros no mundo real. Mesmo tendo integrantes de Salvador, São Paulo, cidades dos Estados Unidos e outros países, a ideia dá certo. Desde março, dois já foram organizados, ambos em Brasília. No primeiro foram cinco pessoas. No segundo, seis. O próximo será nessa segunda-feira, em Salvador. Como hoje é Dia das Mães, Juliana foi visitar a mãe em sua terra natal.
Mas o grupo Mães de Primeira Viagem não é o único que faz sucesso entre as mamães internautas. No Orkut, quase 8 mil mulheres compartilham dúvidas da maternidade, no Mãe de Primeira Viagem, desde 2005. Assim como as mulheres do grupo do Facebook, elas costumam se encontrar, principalmente em São Paulo. Quatro eventos já foram feitos na cidade. No último, realizado em fevereiro, numa casa de boliche, até os pais marcaram presença.
Novas amizades
A dona de casa Amanda Dias, 27 anos, é quem cuida de tudo. Como a sua filha (Raquel, de 1 ano e 8 meses) nasceu de seis meses e ficou 3 meses na UTI, ela viu na comunidade uma chance de dividir as angústias que estava passando. “Quando a gente é mãe, as amizades mudam muito. Os amigos não entendem que você não vai sair para uma cerveja e deixar a filha em casa”, conta. Por isso, ela passou a estreitar laços com mães do Orkut. Hoje, algumas mamães internautas viraram suas amigas e até frequentam sua casa.


No caso da produtora de TV Daniela Buono, 37 anos, (foto acima) de São Paulo, ela quis não só auxiliar as mães do País, como também ajudá-las a desenvolver outras atividades profissionais após a maternidade. “Muitas mães largam as profissões para se dedicar à maternidade. Nisso, muitas passam a produzir coisas em casa”, diz Daniela. Há um ano, ela lançou o site Cia. das Mães (www.ciadasmaes.com.br), com mais duas amigas. Na página, as amigas oferecem dicas às mães de primeira viagem na seção Tudo de Bom, disponibilizam o Bazar (com roupas e acessórios que foram de outras crianças) e a divisão Mães e Marcas.
Nessa última, atualmente, 30 mães de todo o País hospedam no site produtos confeccionados por elas. O site deu tão certo que, segundo Daniela, 400 outras mães estão na fila de espera para venderem as peças que produzem. Enquanto isso, no Twitter, a loja acumula quase 1,5 mil seguidoras.


Toda essa onda é resultado de um movimento que teve início em 2003, quando surgiram os primeiros blogs de mães no Brasil. A gerente financeira Sara Mota, 28 anos, (foto acima) é uma das que ajudou a endossar a popularidade materna na rede. Desde 2009, quando soube que estava grávida de Lavínia, hoje com 1 ano e 5 meses, ela criou o maedeprimeiraviagemsara.blogspot.com. Na home, registrou passo a passo sua gravidez. “Quando a Lavínia crescer, quero que ela veja esse diário dela”, conta. Por mês, 5 mil pessoas acompanham as dicas de Sara no endereço eletrônico. Uma prova de que, entre chupetas e fraldas, as mães não tiram o olho do computador. ::

Programas de mamães na TV

> > ‘Marmita Baby’ – estreia hoje no site www.mambaby.com
A atriz Vanessa Giácomo, (mãe 
de Raul, 3 anos, e Moisés, de 
11 meses), apresenta a atração. 
A 1ª temporada tem 12 episódios.
 
> > ‘Mães de Primeira Viagem’ – 
o quadro estreou em abril, no 
‘TV Xuxa’, na Globo. É um game entre futuras mamães. 
 
> > ‘Dr. Responde’ – no quadro da atração ‘Eliana’, do SBT, o obstetra José Bento dá dicas de como manter uma boa alimentação. 
 
> >’Mãe &Cia’ – exibido no GNT 
e com apresentação da repórter Diana Bouth. As mulheres 
compartilham dúvidas e alegrias do período da maternidade.

Mais conteúdo sobre:

Dia das Mães