Geral

terça-feira, 1 de abril de 2008, 10:35 | Online

Petrobras compra refinaria e vai operar na Ásia pela 1ª vez

Estatal brasileira fecha acordo para comprar 87,5% de participação societária na japonesa Nansei Sekiyu

Alessandra Saraiva, da Agência Estado

RIO - A Petrobras informou nesta terça-feira, 1º, em comunicado, a conclusão de acordo para a compra de 87,5% de participação societária na Nansei Sekiyu, em Okinawa, no Japão. A compra foi feita em parceria com a TonenGeneral, subsidiária da ExxonMobil. O valor aproximado do negócio é de US$ 50 milhões e, segundo a estatal brasileira, "representa um marco muito importante para a Petrobras que, pela primeira vez, entra na Ásia em operações de refino".

 

Segundo o comunicado, a Nansei Sekiyu tem ainda como acionista a Sumitomo Corporation, que permanecerá com 12,5% da empresa, em sociedade com a Petrobras. De acordo com informações apuradas pela estatal brasileira, a Nansei possui uma refinaria com capacidade de processar 100 mil barris de petróleo leve por dia.

 

Além disso, a Nansei também conta com "um terminal de petróleo e derivados para armazenamento de 9,6 milhões de barris, três piers com potencial para receber navios de produtos de até 97 mil deadweight tonnage (dwt) e uma monobóia para navios Very Large Crude Carrier (VLCC) de até 280.000 dwt.", segundo descrição da empresa, em seu informe.

 

A estatal esclareceu ainda que está prevista a utilização da capacidade do terminal para impulsionar a negociação de biocombustíveis no Japão, e no mercado asiático.


Tags:  Petrobras, Petróleo     O que são TAGS?