01.09.2014 - 19:36

Ford testa sistema de frenagem automática

Tecnologia evita o risco de colisão traseira em velocidades de até 50 km/h

Protótipos do Mondeo e da van Tourneo Connect foram testados - Ford/Reprodução
Ford/Reprodução
Protótipos do Mondeo e da van Tourneo Connect foram testados

 

Poderia ser São Paulo. Mas a Ford escolheu o trânsito de Paris, na França, para testar uma versão de um sistema de frenagem que evita o risco de colisão traseira em velocidades de até 50 km/h. O chamado Active City Stop teve sua eficiência testada em condições normais de trânsito. 

"As ruas de Paris são um teste para os nervos mesmo dos motoristas mais experientes. Os veículos andam rápido e competem pelo espaço, em múltiplas faixas e cruzamentos movimentados", disse o especialista de engenharia de sistemas elétricos e eletrônicos da Ford Europa, Nils Gerber. "Sabíamos que elas seriam perfeitas para testar o sistema em condições que são simplesmente impossíveis de reproduzir em pista fechada."

De acordo com a marca americana, o sistema tem sensores de luz e proximidade, que escaneiam a pista à frente 50 vezes por segundo, ajudando a reduzir a severidade de colisões traseiras. Em alguns casos, segundo a Ford, o sistema pode evitar totalmente um acidente, acionando os freios, ao mesmo tempo que reduz o torque do motor e acende as luzes de alerta traseiras. 

Durante cinco dias de testes, os engenheiros da Ford rodaram 4 mil quilômetros com protótipos do Mondeo e da van Tourneo Connect, sempre nas piores horas de trânsito na cidade. Depois da avaliação, o equipamento foi aprovado para uso em veículos de produção. A Ford ainda não informou, no entanto, quais modelos trarão o sistema. 

Comentários

Tabela JC

Links patrocinados
Anuncie aqui