06.05.2014 - 12:40

Fiat terá subcompacto e nova picape no País

Em convenção mundial, montadora mostrou planos de novo subcompacto, picape média e crossover

Picape Sentiero é um projeção de como seria a picape média da Fiat - Projeção/Dragos Prodan
Projeção/Dragos Prodan
Picape Sentiero é um projeção de como seria a picape média da Fiat

A Fiat brasileira agora pode continuar negando, mas a marca vai mesmo produzir um crossover compacto, um subcompacto e uma picape média no País. Os novos planos da fabricante para o Brasil foram revelados na convenção mundial do Grupo Fiat e são empolgantes em termos de novidades.

No encontro, que antecipa o que a marca pretende fazer para os próximos quatro anos, o Brasil tem como novidades produtos que até então eram negados pela marca. O processo começa com a reestilização do Uno, neste ano.

Em 2015, deverão sair da fábrica de Goiana (PE) dois modelos, o novo compacto e uma picape. O pequenino aposentará o Palio Fire como carro de entrada, enquanto a nova picape ficará situada, em dimensões, entre a Strada e as médias "de verdade", como Ford Ranger e Chevrolet S10. 

++ Siga o Jornal do Carro no Facebook
++ Grupo Fiat pretende dobrar vendas da Jeep

No ano seguinte, a Fiat lançará um crossover compacto que irá compartilhar a plataforma do 500L, monovolume derivado do 500. A aposta poderia recair sobre o 500X, mas a Fiat já afirmou muitas vezes que não produzirá esse carro no Brasil. Há ainda outro detalhe, que é a produção do Jeep Renegade no País, para ser vendido com o mesmo preço do Ford EcoSport intermediário, o que praticamente descarta um competidor da Fiat nesse segmento. 

Ao que parece, portanto, esse crossover será um carro novo, que poderá seguir o mesmo caminho da picape e brigar em um segmento abaixo, onde hoje dominam produtos como o Volkswagen CrossFox. Ainda em 2016, a marca vai apresentar também a nova geração do Punto e a reestilização do Grand Siena. 

Para 2017, uma nova geração do Palio, que pela primeira vez não terá qualquer reestilização entre a geração lançada em 2011 e a próxima. 

Encerrando o ciclo atual de investimentos, chega a nova geração do Siena, sob a qual não há qualquer informação ou especulação. Esse plano que foi divulgado confirma a negação da Fiat em relação à chegada do Viaggio, ou um sedã médio derivado dele, para substituir o recém-atualizado Linea.

Atualizada às 18:30

Comentários

Tabela JC

Links patrocinados
Anuncie aqui