Ir para o conteúdo
ir para o conteúdo
 • 
Você está em Notícias > São Paulo
Início do conteúdo

Após 66 horas, bombeiros encontram corpo de operário desaparecido

De acordo com os bombeiros, a vítima estava prensada entre uma viga e uma rampa

05 de dezembro de 2013 | 10h 49
O Estado de S. Paulo

RG do operário encontrado no local do desabamento  - Estadão
Estadão
RG do operário encontrado no local do desabamento

Atualizado às 15h05

Passadas 66 horas do desabamento de um prédio em construção em Guarulhos, os bombeiros encontraram às 13h45, desta quinta-feira, 5, o corpo do operário Edenilson dos Santos, de 24 anos, prensado entre uma viga e uma rampa.

Cerca de 12 viaturas, 36 homens e dois cães farejadores participavam da busca.O prédio que desabou na segunda-feira, 2, ficava na Avenida Presidente Castelo Branco, na Vila Augusta. Ao todo, mais de 300 toneladas foram retiradas do local.

Obra. A construção, segundo a Prefeitura de Guarulhos, tinha alvará desde novembro de 2012. A empresa Salema Comércio, Construção e Projetos Ltda, responsável pela obra, pediu uma alteração de projeto acrescentando um mezanino e este alvará foi emitido em novembro. "A última fiscalização feita pela prefeitura foi em setembro. Nós não recebemos nenhuma denúncia sobre esta obra", disse, na terça-feira, a diretora do departamento de licenciamento urbano da Prefeitura de Guarulhos, Ana Malufi.

O engenheiro civil Fernando Madeira Salema, responsável técnico pela construção que desabou na segunda-feira, em Guarulhos, tem três processos e uma denúncia no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo. Ele é sócio-proprietário da empresa que leva seu nome.

Em nota, o Crea afirmou que não encontrou erro na documentação da área, onde estava sendo feito um condomínio com 30 apartamentos e dois salões comerciais. "O Crea-SP esclarece que instaurou processo de apuração de responsabilidades, procedendo, no primeiro momento, à verificação dos documentos da empresa responsável e do profissional responsável técnico pela execução, constatando que ambos estão regulares."





Tópicos: Desabamento, Guarulhos

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

As obras inacabadas da Transnordestina

  • As obras inacabadas da Transnordestina
  • Belo Horizonte na Copa
  • 700 famílias temem ficar sem teto em ocupação de Osasco



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo