Chega a 665 o número de mortos por chuvas na região serrana do Rio

Nova Friburgo segue como o município mais afetado, com 312 vítimas

Estadão.com.br

17 Janeiro 2011 | 18h22

SÃO PAULO - Subiu para 665 o número de mortos pelas chuvas na região serrana do Rio. De acordo com o balanço da Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil do Rio divulgado na tarde desta segunda-feira, há 276 vítimas em Teresópolis, 19 em Sumidouro, 56 em Petrópolis, 2 em São José do Vale do Rio Preto e 312 em Nova Friburgo.

 

Veja também:

linkGoverno deve anunciar novas normas para ocupação

linkDescoordenação prejudica ajuda no Rio

linkDecreto de luto oficial libera o FGTS

linkGoverno admite à ONU despreparo em tragédias

listaVeja como fazer doações para moradores do Rio

blog Gabeira: Notas para depois da emergência

mais imagensGALERIA - Grandes imagens da tragédia

mais imagensGALERIA 2 - Imagens de destruição e desespero

 

Ainda segundo o balanço, Petrópolis contabiliza 3.600 desalojados e 2.800 desabrigados. Em Nova Friburgo há 3.220 desalojados e 1.970 desabrigados, enquanto Teresópolis registra 960 desalojados e 1.280 desabrigados.

 

 

Texto atualizado às 19h50.

Mais conteúdo sobre:
chuvas Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.