Ir para o conteúdo
ir para o conteúdo
 • 
Você está em Notícias > Brasil
Início do conteúdo

Dilma determina que PF apoie investigação da morte de cinegrafista

'Não é admissível que os protestos democráticos sejam desvirtuados por quem não tem respeito por vidas humanas', disse a presidente no Twitter

10 de fevereiro de 2014 | 16h 47
Lisandra Paraguassu - O Estado de S. Paulo

BRASÍLIA - A presidente Dilma Rousseff determinou que a Polícia Federal apoie a investigação da morte do cinegrafista Santiago Ilídio Andrade, da TV Bandeirantes, que teve morte cerebral anunciada nesta segunda-feira, 10, depois de ser atingido por um rojão na cabeça em uma manifestação no Rio de Janeiro contra o aumento das passagens de ônibus. Em sua conta no Twitter, a presidente afirmou que a morte de Andrade "revolta e entristece" e que pedira à PF o apoio às investigações para "aplicação da punição cabível".

Presidente Dilma: 'Liberdade de manifestação é um princípio fundamental da democracia' - Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão
Presidente Dilma: 'Liberdade de manifestação é um princípio fundamental da democracia'

"Não é admissível que os protestos democráticos sejam desvirtuados por quem não tem respeito por vidas humanas. E liberdade de manifestação é um princípio fundamental da democracia e jamais pode ser usada para matar, ferir, agredir e ameaçar vidas humanas, nem depredar patrimônio público ou privado", afirmou Dilma em uma série de cinco posts na rede.

Na semana passada, logo depois do caso, a presidente já havia manifestado solidariedade ao cinegrafista, também pelo Twitter.

Protesto. Andrade foi atingido durante um confronto entre manifestantes na última quinta-feira. Teve afundamento do crânio e passou por uma cirurgia no hospital Souza Aguiar, onde ficou em coma induzido. A morte cerebral foi declarada hoje no final da manhã.

Fábio Raposo, que confirmou ter passado o rojão que atingiu o cinegrafista a um outro homem, está preso desde ontem. No entanto, o rapaz diz não conhecer o responsável por atingir Andrade. A Polícia do Rio tenta fazer um retrato falado do responsável.






Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Protesto pede autonomia para o IBGE

  • Protesto pede autonomia para o IBGE
  • Devo ou não contratar a garantia estendida?
  • Todas as informações sobre o produto têm de ser claras



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo