Ir para o conteúdo
ir para o conteúdo
 • 
Você está em Notícias > São Paulo
Início do conteúdo

Executivo francês está entre os mortos do acidente entre ônibus e táxi

Cirille Fourny, de 50 anos, era vice-presidente financeiro da fabricante de helicópetors Helibras desde 2011

12 de fevereiro de 2014 | 15h 44
O Estado de S. Paulo

SÃO PAULO - Um executivo francês que morava no Brasil é uma das duas pessoas que morreram no acidente entre dois ônibus e um táxi na Avenida Vereador José Diniz, na zona sul de São Paulo, ocorrido na manhã desta quarta-feira, 12. O acidente também deixou oito feridos, todos passageiros dos ônibus.

O francês Cyrille Fourny, de 50 anos, era vice-presidente financeiro da fabricante de helicópetors Helibras desde 2011. Ele viajava como passageiro do táxi atingido. Segundo a empresa, ele trabalhava na Airbus Helicopters desde 1988 e já havia atuado anteriormente na Helibras como chefe de controle, de 1995 a 1999. Era casado com uma brasileira e tinha dois filhos. No momento do acidente, estava a caminho da empresa. A companhia não informou desde quando Fourny morava no Brasil.

O motorista do táxi, Ronaldo Voltan, também morreu. Voltan estava na empresa Cooper Luxo, de táxis de luxo, havia cerca de um mês.

O ônibus que esmagou o táxi teria sido fechado pelo taxista no corredor, segundo informações da SPTrans dada à reportagem da TV Globo. O automóvel ficou totalmente destruído. Depois de passar por cima do táxi, um Corolla preto, ainda bateu em um outro ônibus que trafegava à frente. O acidente ocorreu na altura da Rua Laplace. Os oito feridos tiveram ferimentos leves e quatro foram encaminhados para os hospitais Bandeirantes e do Servidor Público. Segundo o Corpo de Bombeiros, a pista foi totalmente liberada por volta das 15 horas.





Tópicos: Acidente, Morte

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Protesto pede autonomia para o IBGE

  • Protesto pede autonomia para o IBGE
  • Devo ou não contratar a garantia estendida?
  • Todas as informações sobre o produto têm de ser claras



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo