Ir para o conteúdo
ir para o conteúdo
 • 
Você está em Notícias > São Paulo
Início do conteúdo

Preso segundo suspeito filmado tentando roubar moto na zona leste

Leonardo Silva Barros de Melo, de 19 anos, fugiu após parceiro ser baleado por PM, em 12 de outubro; ação foi filmada pela vítima e colocada nas redes sociais

12 de dezembro de 2013 | 15h 21
O Estado de S. Paulo

SÃO PAULO - A polícia prendeu na tarde dessa quarta-feira,11, Leonardo Silva Barros de Melo, de 19 anos, que fugiu após tentar roubar uma moto com um comparsa em uma avenida de São Miguel Paulista, no dia 12 de outubro, na zona leste de São Paulo. O caso ganhou repercussão depois que o dono da motocicleta, que estava com uma câmera acoplada ao capacete, postou um vídeo com toda a ação nas redes sociais: desde o momento da abordagem, em um cruzamento, até a hora em que um PM que passava pelo local desce do carro e baleia um dos criminosos, impedindo o roubo.

O rapaz baleado foi preso e Melo consegui fugir em outra moto usada pela dupla. Depois de uma denúncia anônima, a polícia chegou até o bar de seu pai, em Ermelino Matarazzo, onde efetuou a prisão às 16h15 de ontem. Após uma conversa com o proprietário, os policiais entraram no estabelecimento e encontraram Melo em um dos quartos, deitado na cama. Ele não ofereceu resistência e foi encaminhado ao 62º DP (Ermelino Matarazzo). Nenhuma arma ou droga foi encontrada com ele.

O caso. A tentativa de roubo foi na travessa das avenidas Doutor Assis Ribeiro e Gabriela Mistral. Um vigilante de 35 anos circulava com sua Honda Hornet quando foi fechado pela Twister vermelha dos assaltantes.

Leonardo Escarante Santos, de 18 anos, desce da garupa e manda a vítima entregar a moto. A vítima dá o veículo e o alarme, mas quando Santos sobe na motocicleta, um PM sai de um carro preto e atira no criminoso. Enquanto o rapaz está caído, o vigilante agradece ao policial. "Obrigado, obrigado. Vai roubar agora no inferno", diz. Com o assaltante, a polícia apreendeu o revólver calibre 38 com numeração raspada, celular, R$ 177 e objetos pessoais.

Atingido no abdome e em uma das pernas, o rapaz foi encaminhado ao Pronto Socorro do Hospital Municipal do Tatuapé, onde passou por cirurgia. Ele foi preso ao receber alta.

O oficial da PM relatou à Polícia Civil que atirou porque o assaltante apontou a arma para ele. A PM considerou sua ação legítima e o condecorou por bravura. A ação também foi elogiada pelo governador Geraldo Alckmin.





Tópicos: Roubo, Moto, Câmera

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Haitianos só fazem uma refeição por dia e dormem no chão em SP

  • Haitianos só fazem uma refeição por dia e dormem no chão em SP
  • Fóruns Estadão Brasil 2018 debate educação no Brasil
  • O dia seguinte no morro Pavão-Pavãozinho



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo