Procon-SP atende 329 pessoas que tiveram prejuízos no apagão

Número é referente a solicitações recebidas apenas entre quarta e quinta-feira; consumidor tem até 90 dias

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

13 Novembro 2009 | 17h02

A Fundação Procon-SP informou nesta sexta-feira, 13, que 329 consumidores procuraram o órgão para pedir informações sobre os problemas causados pelo apagão na última terça. As solicitações ocorreram entre quarta e quinta.

 

Veja também:

linkNovo apagão no País depende de Deus, diz Lula

link'Não é atribuição do Inpe opinar sobre energia', diz Lobão

linkMPF abre procedimento para investigar apagão

especialOs números do apagão nos 18 Estados

especialApagão vira jogo de empurra e disputa eleitoral; veja as frases

especialO Brasil no escuro: entenda o efeito dominó do sistema

mais imagens Imagens do blecaute que atingiu o Brasil

som Procon explica como proceder em caso de prejuízos

lista Leia a cobertura completa sobre o blecaute

 

Em nota, o Procon-SP orienta os consumidores que tiveram aparelhos elétricos danificados a entrar em contato com a concessionária de energia elétrica e solicitar o ressarcimento dos prejuízos. O consumidor não deve consertar o equipamento danificado.

 

O pedido pode ser feito em qualquer canal de comunicação da concessionária (internet, telefone ou pessoalmente), em até 90 dias. A partir do registro, a concessionária tem 10 dias corridos para inspecionar o equipamento danificado, 15 para apresentar resposta ao pedido e 20 dias para ressarcir o consumidor.

Mais conteúdo sobre:
apagao2009

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.