Ir para o conteúdo
ir para o conteúdo
 • 
Você está em Notícias > São Paulo
Início do conteúdo

Túnel Santos-Guarujá é liberado e governo de SP abre nova licitação

Projeto de R$ 1,3 bilhão tem previsão de inauguração para o ano de 2016

14 de março de 2012 | 15h 05
Rodrigo Burgarelli

Após ficar parado no Tribunal de Contas do Estado (TCE) por cerca de um mês, o projeto do túnel de R$ 1,3 bilhão entre Santos e Guarujá voltou a tramitar no governo estadual. O edital de reabertura da concorrência pública para contratar uma empresa para fazer o projeto executivo da ligação seca entre as duas cidades foi publicado hoje. As empresas interessadas agora têm até o dia 23 de março para entregar suas propostas.

O TCE havia paralisado o edital em fevereiro deste ano, em caráter liminar. A decisão foi baseada em uma representação feita por um advogado, que contestou as exigências impostas pela empresa estatal responsável pela contratação, a Desenvolvimento Rodoviário S.A. (Dersa).

Entre os itens questionados do edital, estão as altas exigências feitas para a qualificação das empresas que poderiam concorrer, irregularidades nos critérios de pontuação para escolher o vencedor do certame e a prevalência dos critérios técnicos na definição do ganhador, em detrimento do preço mais baixo.

A discussão sobre uma ligação seca entre Santos e Guarujá data de meados do século passado, e os políticos paulistas desde então vêm se revezando entre promessas de túneis e pontes. O ex-governador José Serra (PSDB) chegou a anunciar a construção de uma ponte estaiada, mas, após assumir o governo, Geraldo Alckmin (PSDB) voltou a defender o túnel.

A ligação imersa que conectará as duas cidades da Baixada Santista vai adotar tecnologia inédita no Brasil. Ela terá profundidade mínima de 21 metros e será feita com módulos pré-moldados, que serão mergulhados no fundo do canal por meio de um guindaste. O túnel terá 900 metros de extensão, com três faixas de rolagem por sentido, passagem para pedestres e ciclistas e espaço para um futuro prolongamento do ramal de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT, uma espécie de bonde moderno) que será construído na Baixada.

Essa obra, entretanto, ainda está longe de sair do papel. Após o término desta licitação, o projeto executivo demorará ainda um ano até ser concluído, e só aí o governo poderá começar o licenciamento ambiental e a contratação das obras. A previsão é que o túnel seja inaugurado apenas em 2016, na próxima gestão. Depois de ficar pronto, a ligação deverá ser concedida a uma empresa privada que cobrará pedágio para a travessia em troca da manutenção.






Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão

Fóruns Estadão Brasil 2018 debate educação no Brasil

  • Fóruns Estadão Brasil 2018 debate educação no Brasil
  • O dia seguinte no morro Pavão-Pavãozinho
  • Brasília: monumental na aparência e nas distâncias



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo