ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Esportes

Após título do handebol, Alexandra já pensa nos Jogos de 2016

Apesar de já pensar na Olimpíada, ponta admite que mal consegue digerir a conquista do Mundial ainda

22 de dezembro de 2013 | 19h 05
AE - Agência Estado

BELGRADO - O título mundial conquistado neste domingo confirmou a seleção brasileira feminina de handebol como uma das potências mundiais na modalidade. Este status, no entanto, traz algumas responsabilidades e as jogadoras sabem que a pressão por novas conquistas também aumentará. Nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, por exemplo, a equipe entrará como uma das favoritas e a ponta Alexandra sabe disso.

"Vamos festejar hoje (domingo), mas depois pensar nesse objetivo (ouro olímpico). Para muitos é impossível, mas provamos que tudo é possível, com muito trabalho. Sabemos que temos três anos e da nossa responsabilidade, depois do Mundial todo mundo vai esperar o ouro na olimpíada. Precisamos evoluir porque as outras seleções também vão evoluir. Temos que continuar o trabalho para dar mais uma medalha para o Brasil em 2016", disse, em entrevista ao SporTV.

Apesar de já pensar na Olimpíada, Alexandra admitiu que mal conseguiu digerir a conquista do Mundial ainda. "Eu to aqui com a medalha, falando de coração, parece não ter caído a ficha. Parece um sonho, essa é a verdade. É inacreditável, parece que estou em coma."

O título histórico foi selado com uma emocionante vitória sobre a Sérvia, dona da casa, por 22 a 20. Mesmo diante de um ginásio lotado e muita pressão, as brasileiras mantiveram a calma e saíram vencedoras. Resultado que merece ser muito comemorado. "Dormir essa noite? Nem sei o que é isso, vamos comemorar a noite toda. E amanhã voltar para o Brasil para comemorar com a família", apontou Alexandra.

Eleita a melhor jogadora do mundo em 2012, a ponta foi decisiva na partida deste domingo, ao marcar seis gols e conduzir a vitória brasileira. Apesar disso, ela fez questão de dividir os méritos pelo troféu, inclusive com ex-jogadoras, que, segundo ela, "começaram essa caminhada". Além disso, a atleta exaltou a parceria da seleção com o Hypo Nö, clube austríaco que tem oito brasileiras no elenco, além do técnico Morten Soubak.

"Acho que é muito trabalho, não podemos esquecer que há 10, 15 anos atrás outras jogadoras começaram essa caminhada, sem desistir. Fizemos parte do começo dessa caminhada, continuamos, saímos do Brasil para buscar nossos sonhos. Estávamos um pouco escondidas no Brasil, íamos para o Mundial sem saber o que era uma Noruega, uma Dinamarca. Agora estamos jogando com elas e acredito que isso também ajudou", avaliou.




Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

VÍDEOS


Siga o Estadão

Programação da TV

  • 16/04 07h30

    Jogo

    Tênis | Masters de Montecarlo

    SporTV 2
  • 16/04 11h30

    Jogo

    Tênis | Masters de Montecarlo

    SporTV 2
  • 16/04 12h30

    CSKA Moscou x Krasnodar

    Futebol | Copa da Rússia

    FOX Sports 2
  • 16/04 15h30

    Bayern de Munique x Kaiserslautern

    Futebol | Copa da Alemanha

    ESPN Brasil
  • 16/04 15h30

    Perugia x Piacenza

    Vôlei | Liga Italiana Masculina de Vôlei

    BandSports
Programação completa

Copa 2014 em números - Os técnicos mais bem pagos

  • Copa 2014 em números - Os técnicos mais bem pagos
  • Arena Corinthians entra na reta final de preparação
  • Copa High-Tech: A chuteira



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo