Linense vira o jogo e impõe a quinta derrota seguida ao Paulista

Com dois gols de Lenilson, equipe de Lins venceu por 2 a 1 neste sábado, no Paulistão

AE, Agência Estado

25 Fevereiro 2012 | 18h25

JUNDIAÍ - O Paulista segue em crise no Paulistão. A equipe sofreu sua quinta derrota consecutiva neste sábado à tarde, diante do Linense, por 2 a 1, de virada, no Estádio Jayme Cintra, na abertura da décima rodada da competição. Foi a terceira derrota em casa do time de Jundiaí, que continua com 13 pontos, agora fora da zona de classificação, em nono lugar. Já a equipe de Lins, que vinha de empate com o Mirassol, chegou aos 15 pontos e está em oitavo.

Sob forte calor, o jogo começou em ritmo cadenciado. Mas, aos poucos, o Paulista se mostrou mais efetivo no ataque e abriu o placar aos 38 minutos. Após escanteio e ajeitada de cabeça de Pablo, o lateral Eduardo Praes testou com força. A bola bateu no travessão e quicou dentro do gol. Funcionou bem o árbitro de linha Alexandre Bigai Miranda, que avisou, por rádio, o árbitro central sobre o gol.

Mas não deu tempo do time da casa comemorar. Aos 40 minutos, o zagueiro Diogo atropelou Rhayner dentro da área, cometendo o pênalti. Na cobrança, o experiente Lenilson bateu com "cavadinha" e empatou.

No segundo tempo, o calor voltou a castigar os dois times. O Paulista não mostrou eficiência no ataque, não conseguindo nem as infiltrações e nem as finalizações. Nem mesmo de longe.

O Linense fez o gol da vitória numa falha individual de Diogo. O zagueiro, no meio de campo, tentou bater a bola para frente, mas ela bateu no corpo de Lenilson. O meia correu sozinho, passou pelo goleiro e tocou para as redes de fora da área de perna esquerda. Linense na frente aos 32 minutos. O Paulista ainda terminou o jogo com um jogador a menos após a expulsão de Reinaldo, aos 41 minutos, por revidar uma falta de Rhayner.

Na próxima quarta-feira, pela 11.ª rodada, o Paulista vai enfrentar o Ituano, no Novelli Júnior, em Itu, às 19h30. Já o Linense vai receber o Palmeiras, no Gilbertão, em Lins, às 22 horas.

PAULISTA 1 X 2 LINENSE

PAULISTA - Vágner; Eduardo Praes, Diogo, Diego Ivo e Reinaldo; Madson, Wellington (Cassiano), Danilo Gomes (Barbosa) e Dener (Correia); Rychely e Welton. Técnico - Sérgio Baresi.

LINENSE - Douglas; Marcelo, Anderson Luís, Pablo e Alexandre Silva; Ademir Sopa (Andrade), Makelelê, Neto e Lenílson; João Henrique (Rhayner) e Wellington (Edilson). Técnico - Pintado.

Gols - Eduardo Praes, aos 38 e Lenilson, aos 41 minutos do primeiro tempo; Lenilson, aos 32 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Leandro Bizzio Marinho.

Cartão amarelo- Anderson Luis, Rhayner, Wellington, Ademir Sopa, Andrade, Diogo, Eduardo Praes e Wellington.

Cartão vermelho - Reinaldo.

Renda - R$ 27.030,00.

Público - 1.075 pagantes.

Local - Estádio Jayme Cintra, em Jundiaí.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.