ir para o conteúdo
 • 

Patrocinado por

Você está em Esportes

MP afirma que Portuguesa sabia da punição de Héverton antes de escalá-lo

Segundo Ministério Público, equipe paulista sabia que não podia escalar o jogador contra o Grêmio

24 de janeiro de 2014 | 15h 51
Gonçalo Júnior - O Estado de S. Paulo

SÃO PAULO - Os dirigentes da Portuguesa sabiam da punição de dois jogos aplicada pelo STJD ao jogador Héverton dois dias antes de o clube escalar o meia em situação irregular contra o Grêmio. Essa é uma das conclusões do inquérito aberto pelo Ministério Público para avaliar irregularidades no rebaixamento da Portuguesa. "A CBF enviou um e-mail, via Federação Paulista de Futebol, para a Portuguesa. Essa mensagem foi aberta, mas, mesmo assim, o jogador foi escalado. Ou seja, alguém não levou a informação adiante como deveria ter feito para que o clube não fosse punido", explica o promotor Roberto Senise Lisboa, responsável pelo inquérito, ao Estado. "Há prova, no inquérito civil, de que a Portuguesa tinha conhecimento do julgamento no dia 6 de dezembro. Essa prova existe ao contrário do que foi falado por alguns dirigentes da Portuguesa nos últimos dias", completa.

Héverton não poderia ter atuado contra o Grêmio - Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão
Héverton não poderia ter atuado contra o Grêmio

A descoberta do Ministério Público fortalece uma nova frente de investigação: saber as razões que levaram a Portuguesa a escalar o jogador mesmo com conhecimento da punição. Algo como um esquema Héverton. "Desde o princípio, tínhamos indícios de que algumas ilhas não se encaixavam", diz o promotor.

Essa nova frente de investigação corre paralelamente à questão central: a punição imposta à Portuguesa desrespeita o Estatuto do Torcedor por não ter sido publicada no site da CBF.

Na quinta-feira, o MP aguarda a presença de um representante da confederação para propor um Termo de Ajustamento de Conduta, ou seja, a devolução dos quatro pontos à Portuguesa e a anulação do julgamento do STJD. Se a CBF não aceitar, o MP vai entrar com uma ação civil pública e levar a decisão à justiça. "Acho improvável que a questão seja resolvida sem nenhuma questão judicial", diz o promotor. 





Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

VÍDEOS


Siga o Estadão

Programação da TV

  • 17/04 21h00

    Saint Louis Blues x Chicago Blackhawks

    Hóquei no gelo | NHL

    ESPN Internacional
  • 17/04 21h00

    Bahia x Villa Nova

    Futebol | Copa do Brasil

    SporTV e ESPN Brasil
  • 17/04 21h15

    The Strongest x Defensor

    Futebol | Libertadores

    FOX Sports
  • 17/04 23h00

    Treino livre do GP da China

    Automobilismo | Fórmula 1

    SporTV
  • 18/04 03h00

    Treino livre do GP da China

    Automobilismo | Fórmula 1

    SporTV
Programação completa

Copa 2014 em números - Os técnicos mais bem pagos

  • Copa 2014 em números - Os técnicos mais bem pagos
  • Arena Corinthians entra na reta final de preparação
  • Copa High-Tech: A chuteira



Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo