A mini-La Paz do Pari

Carmen e José, na foto acima, formam um casal. São 2 entre os estimados 350 mil bolivianos que vivem em São Paulo - uma população equivalente a mais de 20% da capital da Bolívia, La Paz. Orgulhosos de suas origens, vestem trajes típicos e vão à Feira Kantuta, no Pari. Fazem-se notar nesta cidade, que deve boa parte de sua gastronomia aos imigrantes - que o digam as cantinas italianas, as casas árabes, os sushibars. Aos poucos, outras Carmens e Josés vencem preconceitos e fazem a comida andina se popularizar. E as suas batatas, ajís (espécies de pimenta), milhos multicolores ganham espaço à mesa paulistana. Com ingredientes, pratos e a celebração das tradições bolivianas, a Feira Kantuta abre novo capítulo nessa história gastronômica.

O Estado de S.Paulo

16 Agosto 2012 | 03h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.