Felipe Rau/AE
Felipe Rau/AE

A mulher das especiarias está de volta

Tanea Romão lança seus chutneys, temperos e geleias (‘ocultos’ em marcas conhecidas) pelo selo de seu restaurante, o Kitanda Brasil. Pensou em passá-los na torrada? Esqueça. Foram feitos para usar na cozinha

Nana Tucci/ESPECIAL PARA O ESTADO,

30 Novembro 2011 | 19h04

Tanea Romão voltou a ser a "senhora das especiarias" - ela não voltou à fábrica de geleias e chutneys mais famosa de Gonçalves, no sul de Minas, de onde saiu há mais de dois anos. Mas a chef está novamente envolvida com ervas, especiarias, conservas e acaba de lançar uma linha própria com o selo de seu restaurante, o Kitanda Brasil.

São mais de 70 produtos, entre geleias, cremes, açúcares e sais condimentados. Muita coisa de uma só vez? Tanea conta que, na verdade, desenvolveu 300 sabores e escolheu apenas os primeiros da coleção.

Quem já foi ao Kitanda Brasil deve ter experimentado vários deles, como a geleia de pimenta que acompanha os dadinhos de tapioca, uma receita que a chef pediu emprestada a Rodrigo Oliveira, do Mocotó. Mas só agora os produtos foram rotulados e colocados à venda.

Geleia de frutas do bosque com massala, creme de cachaça com chocolate, sal defumado... As compotas e cremes de Tanea têm sabor pronunciado e presença marcante. E não por acaso não são para passar em torradinhas, e sim para serem usados na cozinha.

"Os açúcares aromatizados facilitam a vida. Não tenho de acrescentar canela ou cardamomo, por exemplo, na hora de usá-los em caldas de doces", explica Tanea Romão.

Grande parte das criações da chef leva ingredientes genuinamente brasileiros, como cachaça, cambuci e cupuaçu - frutas nativas, respectivamente, da Mata Atlântica e da floresta amazônica.

Tanea Romão é uma ghost lady das especiarias. Há mais de uma década faz geleias, cremes, chutneys, temperos e antepastos não só para uso próprio mas também "terceirizado", para várias marcas conhecidas.

Não é preciso ir até Minas para provar suas criações. Alguns produtos estão à venda na Casa Santa Luzia (tel. 3897-5000), em São Paulo - caso da geleia de anis, que chega esta semana às gôndolas -, na Loja do Chá do Shopping Iguatemi (tel. 3816-5359) e na Bombay (tel. 3083-3999). Em breve os produtos poderão ser adquiridos também no Empório Chiapetta (tel. 4257-2107), no Mercado Municipal da Cantareira.

Bem, mas se tiver a chance de ir a Gonçalves, além dos produtos prove também o menu degustação do Kitanda Brasil, acomodado no fundo do quintal.

Ah, e inclua no roteiro a leitoa pururuca da cozinha caipira da d. Vilma. E dê uma passada no Bar do Marcelo, onde a atração principal são 800 rótulos de cachaça. Coisas que ainda não podem ser embaladas.

ONDE

Kitanda Brasil

R. Antonio Caetano Rosa, 217, Gonçalves, Minas Gerais, (35) 3654-1406

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.