Academia Bordeaux

Na região vinícola de Bordeaux, a melhor e mais diversificada do mundo, há exemplos que podem ilustrar uma ampla aula sobre vinhos, pois abriga alguns dos melhores e mais caros châteaux, como Mouton-Rothschild, Lafite-Rothschild, Haut-Brion, Cheval Blanc e também muitos vinhos intermediários, como estes petits châteaux (em Bordeaux, são fazendas que plantam uvas, fazem e vendem seus vinhos). Veja também: Château Bois Chantant Château Tarreytots 2005 Château Rauzan-Despagne Reserve 2006 Chateau Jourdan 2004 São vinhos diversos, de lugares diferentes, que têm em comum as uvas: a mais masculina Cabernet Sauvignon e a Merlot, mais macia, amigável,que entra no corte para "domar" a Cabernet. Não há uma receita e cada produtor faz seu corte. Encastelados na fama, muitos deixaram de caprichar em seus petits vins, o que está mudando, como demonstrou esta degustação de Bordeaux até R$ 69. Vinhos bons, delicados, equilibrados e bem diferentes do tipo Novo Mundo – , que são super concentrados e podem agradar, mas nem sempre se portam bem à mesa, acabam enjoando. Além dos vinhos citados abaixo, merece uma menção especial o Château Bastian 2005 (50% Merlot, 30% Cabernet Franc e 20% Cabernet Sauvignon), que custa R$ 65 na Casa do Porto (tel. 3061-3003). saul.galvao@grupoestado.com.br

Saul Galvão,

13 Agosto 2009 | 11h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.