Acesso residencial à internet tem recorde de 23,7 milhões

Crescimento foi de 28% no mês passado, segundo levantamento do Ibope/Netratings divulgado nesta quarta

Reuters

27 Agosto 2008 | 11h42

O número de brasileiros que acessaram a Internet a partir de suas casas cresceu 28% em 12 meses, passando de 18,5 milhões de usuários em julho de 2007 para 23,7 milhões de usuário no mês passado, segundo levantamento do Ibope//NetRatings divulgado nesta quarta-feira. Em relação a junho deste ano, o aumento foi de 3,5%. A pesquisa mostrou ainda que os usuários residenciais também passaram mais tempo na Internet, com uma média de 24 horas e 54 minutos por pessoa por mês. No mês anterior, a média foi de 23 horas e 12 minutos. Tanto o número de internautas quanto o tempo de navegação foram os maiores registrados desde o começo da realização da pesquisa, em setembro de 2000. "Tradicionalmente, o mês de julho, por ser férias escolares e por ser a Internet a principal atividade para parte dos jovens estudantes, mostra crescimento no tempo de consumo desta mídia", disse em nota Alexandre Magalhães, gerente de análise do Ibope//NetRatings. O total de brasileiros com acesso à Internet em seus lares continua sendo de 35,5 milhões de pessoas, de acordo com a pesquisa. Em julho de 2004, 19,3 milhões de brasileiros tinham acesso à rede mundial de computadores em casa. A avaliação coloca que o internauta brasileiro continua sendo o que mais navegou na Internet de casa no mês, em comparação com nove países acompanhados pelo Ibope//NetRatings, seguido por Alemanha (com 21 horas e 06 minutos) e pelos Estados Unidos (com 20 horas e 50 minutos). De acordo com dados relativos ao primeiro trimestre de 2008 do Global Internet Trends-GNetN, pouco mais de 41 milhões de brasileiros com 16 anos ou mais declaram ter acesso à Internet em qualquer ambiente (casa, trabalho, escola, cybercafés, bibliotecas e outros locais).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.