Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Geral » Ações fecham em alta com perspectiva de mais estímulo do BCE

Estadão

Ações fecham em alta com perspectiva de mais estímulo do BCE

As ações europeias fecharam em alta nesta segunda-feira, com as perspectivas de novas medidas de estímulo do Banco Central Europeu (BCE) permitindo que os mercados acionários da região deixassem de lado dados fracos alemães e a renúncia do governo francês.

0

SUDI,
REUTERS

25 Agosto 2014 | 14h12

O índice FTSEurofirst 300 das principais ações europeias fechou com elevação de 1,13 por cento, aos 1.366 pontos.

Já o índice de blue chips da zona do euro Euro Stoxx 50 subiu 2,16 por cento, para 3.165 pontos.

O índice alemão DAX --que continua em queda de cerca de 5,4 por cento sobre a máxima recorde de 10.050 pontos atingida no final de junho-- fechou com alta de 1,83 por cento, a 9.510 pontos.

O presidente do BCE, Mario Draghi, em conferência de bancos centrais em Jackson Hole, nos Estados Unidos, afirmou na sexta-feira está confiante de que os estímulos anunciados em junho, aliados ao euro mais enfraquecido, vão estimular a demanda na economia da zona do euro, mas ressaltou que a autoridade monetária europeia está pronta para fazer mais.

As declarações de Draghi ajudaram a compensar as pressões negativas de dados econômicos fracos da Alemanha divulgados nesta manhã pelo instituto de pesquisa Ifo, mostrando que a confiança de negócios no país caiu pelo quarto mês consecutivo em agosto, e da renúncia do governo francês.

"Os mercados acionários estão avaliando a perspectiva de possível afrouxamento monetário do BCE como mais importante do que os decepcionantes números do Ifo e problemas políticos franceses", disse o analista de mercado sênior do ActivTrades, Carlo Alberto de Casa.

Em LONDRES, o mercado ficou fechado por feriado público.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,83 por cento, a 9.510 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 2,1 por cento, a 4.342 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 2,3 por cento, a 20.375 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,81 por cento, a 10.690 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,08 por cento, a 5.755 pontos.

Mais conteúdo sobre: