AO VIVO

STF julga se PF tem competência para fechar acordos de delação; assista

Acordo tende a evitar greve de motoristas em Fortaleza

Trabalhadores e empresários voltaram a se reunir, nesta sexta-feira, 13, em Fortaleza, e a greve de ônibus anunciada para começar na próxima segunda-feira, 16 véspera do jogo Brasil x México, não deverá acontecer. O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) ofereceu reajuste salarial de 10%, vale refeição de R$ 10 e cesta básica de R$ 90.

CARMEN POMPEU, ESPECIAL PARA A AE, Agência Estado

13 Junho 2014 | 18h17

O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários no Estado do Ceará (Sintro) vai levar a proposta para ser avaliada em assembleia da categoria no domingo. A tendência é que o acordo seja fechado. Motoristas e trocadores haviam decidido entrar em greve a partir da 0h de segunda-feira. Na ocasião, o presidente do Sintro, Domingos Neto, disse que o indicativo de greve poderia ser suspenso caso fossem apresentadas propostas e acordo. Os trabalhadores pediam reajuste salarial de 18%, cesta básica de R$ 120,00 e revisão da jornada de trabalho.

Mais conteúdo sobre:
greve motoristas Fortaleza

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.