Adolescente desaparecido em cânion é encontrado morto

O adolescente Sidarta Arderius, de 16 anos, que estava desaparecido desde domingo (23), foi encontrado morto dentro de um cânion em São José dos Ausentes, no Rio Grande do Sul, nesta terça-feira. Ele havia acampado perto do Monte Negro, o ponto mais alto do Estado, a 1,4 mil metros de altitude, com o pai e um amigo.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

25 Dezembro 2012 | 18h46

Os dois perceberam que, depois de ter saído para uma caminhada, no domingo, o jovem não voltava para o local e começaram a procurá-lo, inicialmente sozinhos e depois com ajuda dos bombeiros e voluntários. O corpo foi avistado pelas equipes de busca dentro do cânion próximo ao monte. A primeira hipótese levantada pelos bombeiros é de que o adolescente tenha escorregado para o abismo ao caminhar sobre as pedras soltas ou no chão úmido da borda. A altura estimada da queda é de cem metros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.