1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine

Advogados protestam contra revista pessoal em Sorocaba

JOSÉ MARIA TOMAZELA - Agência Estado

10 Junho 2014 | 18h 49

Dezenas de advogados empunharam cartazes e fizeram um protesto, nesta terça-feira, 10, contra a decisão da diretoria do Fórum de Sorocaba (SP) de determinar que passem por revista na entrada da sede do Judiciário. Aos gritos de "vergonha" e "discriminação", os advogados se concentraram na entrada do prédio, enquanto os seguranças contratados mantinham a revista de todos os que ingressavam na portaria.

Além da revista pessoal com raquetes de detecção de metais, o público e os advogados eram obrigados a abrir pastas e bolsas. Alguns defensores se negaram a levantar os braços e a se virar de costas, como exigiam os seguranças. O presidente do Conselho Regional de Prerrogativas da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Antonio Carlos Delgado Lopes, informou que a ordem vai entrar nesta quarta-feira com ação contra a medida na Vara da Fazenda Pública.

"Submeter os advogados à revista enquanto serventuários, funcionários, promotores e juízes são poupados desse vexame é altamente discriminatório", disse. O presidente da OAB em Sorocaba, Alexandre Oguzuku, disse que a segurança não pode ser parcial. "Pessoas já foram assaltadas do lado de fora e não há sequer câmeras no entorno do prédio."

Em nota, a juíza diretora do Fórum, Erna Thecla Maria Hakvoort, informou que os procedimentos adotados estão de acordo com as normas existentes e visam a garantir um bem maior: a segurança e a integridade física dos que frequentam o local. "Assim, legal o controle de todos os que adentram o prédio, ressalva feita aos que comprovadamente nele têm seu posto de trabalho." Segundo a nota, a solicitação de abertura de pertences pessoais para constatar a eventual existência de armas não permite o conhecimento do teor de documentos elaborados por profissionais da área jurídica, garantindo a privacidade dos advogados. "Esclareço que, assim que possível, haverá substituição do sistema de detecção de metais, mais especificamente a troca de raquetes pelo portal fixo", informa.