1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine


Aeroviários decretam greve de 24 horas no Rio

FÁBIO GRELLET - Agência Estado

11 Junho 2014 | 20h 48

Os aeroviários que trabalham nos três aeroportos do Rio (Galeão, Santos Dumont e de Jacarepaguá) decretaram uma paralisação de 24 horas a partir da 0h desta quinta-feira, dia 12. Eles querem reajuste salarial que varia de 5,58% a 12%, dependendo da categoria, entre outros benefícios.

A paralisação foi decretada pelo Sindicato Municipal dos Aeroviários do Rio de Janeiro, que reúne emissores de passagens aéreas, agentes de carga e agentes operacionais de rampa, por exemplo. Em seu site, a entidade anuncia que há nove meses tenta negociar com os patrões, sem sucesso. São listadas reivindicações a três sindicatos diferentes, que englobam empresas aéreas e de táxi aéreo.

A Agência Nacional de Aviação Civil divulgou nota sobre a paralisação, em que afirma estar "acompanhando a situação e os eventuais impactos nas operações". "As empresas aéreas possuem planos de contingência elaborados para o período da Copa", afirma a Anac, que pode impor multa de R$ 4 mil a R$ 10 mil por infração cometida pelas empresas aéreas, como atraso nos voos.