Assine o Estadão
assine

Estadão

aeroviários

Aeroviários do Rio fazem protesto no acesso ao Galeão

Um grupo de cerca de 30 aeroviários do Rio, em paralisação de 24h, faz manifestação na manhã desta quinta-feira, 12, na Av. Vinte de Janeiro, na Ilha do Governador, que dá acesso ao aeroporto internacional Tom Jobim, o Galeão. Os manifestantes chegaram a fechar a via em direção ao terminal.

0

Agência Estado

12 Junho 2014 | 08h52

Apesar do trânsito tumultuado no entorno do Galeão, o aeroporto funciona normalmente nesta manhã, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Nesta quarta-feira à noite, o Sindicato Municipal dos Aeroviários do Rio (Simarj) anunciou a paralisação de 24h. Eles pedem 12% de aumento no salário e também no efetivo.

Os aeroviários - profissionais que trabalham nos aeroportos, não embarcados, como mecânicos, engenheiros, serviços gerais e em balcões de check-in, por exemplo - começaram a paralisação à 0h desta quinta nos terminais Galeão, Santos Dumont e de Jacarepaguá.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que está acompanhando a situação, e que as empresas aéreas possuem planos de contingência.

Mais conteúdo sobre: