1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine

Agentes localizam com vida 20 mineiros presos em mina de ouro na Nicarágua

JIMMY SÁNCHEZ - REUTERS

29 Agosto 2014 | 20h 54

Agentes de resgate localizaram com vida 20 mineiros informais que permanecem retidos após um deslizamento em uma mina de ouro no norte da Nicarágua, disse nesta sexta-feira a porta-voz do governo, Rosario Murillo.

A funcionária explicou que as equipes de socorro estavam se preparando para procurar o grupo, que disse estar em uma área segura, mas não especificou o quão profundo os trabalhadores estariam.

"O trabalho que vai ser feito pela brigada de especialistas é difícil, e é preciso ter paciência", disse Murillo a uma rádio local. "Pediram água e alimentos", acrescentou.

Os 20 mineiros localizados fazem parte de um total de 29 trabalhadores que ficaram retidos na quinta-feira depois de um deslizamento de terra provocado pelas fortes chuvas. Dois deles já foram resgatados, disse ela.

Não estava claro o destino dos outros. Inicialmente a cifra de desaparecidos era de 20 a 25.

Julio Quintero, chefe da mineradora nicaraguense Hemco, filial da empresa colombiana Mineros, disse que a mina no projeto Bonanza, localizada 420 quilômetros a nordeste de Manágua, foi fechada há aproximandamente quatro anos depois de ser considerada insegura.

Contudo, os mineiros artesanais continuaram trabalhando, apesar das ordens da empresa, e Quintero disse que a Hemco continuou comprando minerais deles até a semana passada, quando decidiu que não podia ter certeza sobre a procedência do produto.

(Reportagem adicional de Leslie Nicolás, na Nicarágua; e de Peter Murphy, na Colômbia)