Amadores procuram câmeras digitais mais sofisticadas

Uma câmera de qualidade profissional está no topo da lista de desejos de Nate Paulson para este fim de ano, e embora o preço de cerca de US$ 3 mil continue a ser salgado, ele espera que em breve caia o bastante para se encaixar em seu orçamento. Em uma loja de câmeras em Manhattan, nesta semana, Paulson e outros adeptos da fotografia estudavam a crescente gama de câmeras digitais de alta qualidade que estão convencendo até mesmo os fotógrafos mais tradicionalistas a deixar de lado o uso do filme. O bancário parecia estar decidido quanto a uma Canon 5D, com 12,8 megapixels --uma das muitas câmeras com lentes intercambiáveis SLR (single-lens reflex) que permitem aos usuários ver as imagens exatamente como elas serão capturadas. "Estou esperando o preço cair. E acredito que cairá", disse Paulson, enquanto lia um anúncio sobre o novo modelo. As câmeras de qualidade profissional ainda custam bem mais do que os modelos mais simples, de operação automatizada, mas os preços se reduziram em 50% ou até mais nos últimos anos. Desenvolvimento As melhoras na qualidade de imagem também estão ajudando a convencer até mesmo os fotógrafos profissionais, que no passado eram defensores convictos do filme, a adotar equipamento digital. As câmeras SLR digitais, como os modelos equipados com a mesma lente que usam filmes, permitem que os usuários manipulem as condições de luz e a profundidade de campo da imagem, por meio de uma mistura de controles manuais e automáticos e de lentes intercambiáveis e ainda oferecem as vantagens adicionais comuns na fotografia digital. Os fotógrafos não precisam arcar mais com os incômodos e custos do uso de filme e podem experimentar na hora ajustes diferentes para uma foto. Allan Weitz, fotógrafo e editor do site da loja de câmeras B&H, disse que entre as câmeras SLR mais simples, a Nikon D40, de 6,1 megapixels, é uma escolha popular, vendida com um kit de lente por cerca de US$ 600. Quanto maior o número de megapixels, melhor a resolução. "Dois anos atrás, a mesma espécie de câmera custava US$ 1,5 mil ou US$ 1,6 mil , e dois anos antes disso o preço era de US$ 3,5 mil", disse. "A cada ano ou ano e meio, surgem mais câmeras de qualidade por preços ainda menores." Outros modelos populares com preços abaixo de US$ 1.000 nos Estados Unidos incluem a EOS Digital Rebel XTi, da Canon, e a K100D, da Pentax. A empresa de pesquisa de mercado NPD estima em mais de 30 milhões o número de câmeras digitais vendidas nos Estados Unidos este ano, o dobro do volume de 2003 e 20% acima do registrado em 2005.

Agencia Estado,

27 Dezembro 2006 | 10h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.