APARECIDA ESPERA RECORDE DE FIÉIS COM VISITA DE FRANCISCO

População comemora novo pontífice e fala em renovação da Igreja Católica

GERSON MONTEIRO, ESPECIAL PARA O ESTADO, APARECIDA, O Estado de S.Paulo

22 Março 2013 | 02h04

O anúncio da visita do papa Francisco ao Santuário de Aparecida, prevista para julho, tem sido celebrado com festa pelos fiéis no interior de São Paulo. O maior templo dedicado à Virgem Maria, que recebeu 11 milhões de pessoas no ano passado, espera alcançar um novo recorde este ano com a visita do líder da Igreja Católica no mundo, que vem ao País para a Jornada Mundial da Juventude, no Rio.

Mesmo quem prefere o sossego do meio da semana para visitar o Santuário e fazer suas orações já começa a se preparar para conhecer o novo papa. "Prefiro vir durante a semana porque é mais tranquilo, mas quando soube da visita do papa Francisco eu fiquei emocionada. Quero estar aqui", comentou a aposentada Lazara Maria das Neves Rocha, de 74 anos.

"Humildade ele tem bastante, temos muito a aprender com ele", apontou a aposentada, que acredita que haverá aumento no número de fiéis por conta do carisma do pontífice.

Para o visagista Leandro Antonio Leite, de São Paulo, o anúncio da visita ao País é um sinal de renovação da Igreja. "Ele é um papa diferente do Bento XVI. Acredito que ele vá atuar mais na captação de jovens, é o perfil dele. Certamente está iniciando uma nova fase na Igreja."

Apesar de visitar o Santuário todos os meses, Leandro lamenta não conseguir ver o papa pessoalmente. "Estarei em férias, infelizmente não acompanharei essa visita."

Comércio. Quem depende do movimento de fiéis no Santuário para sobreviver aguarda a visita com ansiedade. É o caso da Maria de Lurdes, vendedora ambulante que trabalha há 32 anos no pátio da igreja em Aparecida e acompanhou a visita dos últimos dois papas ao santuário.

"Já vi o outro aqui pertinho de mim, não vejo a hora de ver o Francisco também", animou-se a vendedora, que esteve a poucos metros do último papa em sua visita ao santuário. Segundo ela, suas vendas chegam a até R$ 2 mil por fim de semana. "É bom para todo mundo. A visita de um papa traz muita gente de fora."

Em entrevista à Radio Vaticano, o presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e arcebispo de Aparecida, d. Raymundo Damasceno, confirmou que a visita do papa Francisco ao Santuário Nacional de Aparecida será ao final da Jornada Mundial da Juventude, que ocorrerá entre 23 e 28 de julho.

A viagem ao Brasil será o primeiro compromisso internacional do papa Francisco. Ele já esteve no Santuário Nacional em 2007, quando participou da 5.ª Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.