Arco-íris azedinho de frutas

THE NEW YORK TIMES

O Estado de S.Paulo

21 Janeiro 2010 | 01h53

Uma boa combinação de cítricos pode deixar seu inverno mais feliz. Nessa estação, na qual estamos agora aqui em Nova York, eles são tão bons ou melhores que qualquer ingrediente encontrado no reino vegetal. Não importa como você os coma: estão no auge de sua forma.

Para fazer uma salada cítrica, a única exigência é deixar de lado a ideia de que saladas têm de ser verdes. Se você tiver a sorte de encontrar laranja vermelha, use. Idem com os supremamente deliciosos - e geralmente caros - pomelos.

Nossa ideia é combinar grapefruit (gosto do rosa), laranja-baía - embora comum, continua sendo fantástica - e mexerica. Para esta salada, frutas mais doces são de longe melhores que as azedas.

Descasque as frutas. O jeito mais fácil é cortar as duas "tampas" da casca, em cima e embaixo. Depois, faça cortes verticais o mais perto possível da polpa e remova as tiras de casca, tirando também o máximo possível da pele branca.

Fatie as frutas em discos, arranjando-os numa combinação de cores e tamanhos. Salpique com sal - é muito importante - e guarneça com cebola roxa ou échalote picada ou fatiada bem fininha.

O molho é uma mistura doce-picante, feito para despertar esses mesmos sabores nas frutas: azeite, vinagre de cereja, umas gotas de mel, mais um pouco de cítrico (gosto de suco de limão-taiti, mas o siciliano também é ótimo.

Uma pitada de pimenta-caiena ou um salpico de pimenta-do-reino vão bem, mas não são essenciais.

Adicione um pouco de estragão fresco para dar um toque de anis. Você terá uma salada que, embora talvez não o faça esquecer o inverno, certamente o tornará um pouco mais suave.

Salada crítica e colorida

Ingredientes

(4 porções)

2 laranjas vermelhas, ou mexericas

1 grapefruit rosa

1 laranja-baía

Sal

½ cebola roxa pequena, ou 1 échalote, picadas

3 colheres (sopa) de azeite extravirgem

1 colher (sopa) de vinagre de

cereja

½ colher (chá) de mel

Suco de limão-taiti ou siciliano, a gosto

¼ de colher (chá) de estragão fresco picado na hora, ou uma pitada de estragão seco

Preparo

Descasque as frutas, removendo o máximo possível de pele branca, e fatie em discos.

Tire todas as sementes. Monte as fatias numa travessa, salpicando com sal e guarnecendo com cebola ou échalotes picadas.

Misture bem o azeite, o vinagre, o mel, o suco de limão e o estragão. Prove, ajuste o tempero e espalhe o molho sobre a salada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.