Assaltantes são presos após ficarem presos em elevador

Terminou sem vítimas o impasse que mantinha dois assaltantes e um suposto refém presos em um elevador, no centro de Porto Alegre, desde o início da noite desta terça-feira. A dupla, ainda não identificada, assaltou uma joalheria no quinto andar de um prédio na esquina da avenida Mauá com a rua Coronel Vicente. Quando fugiam, o porteiro conseguiu trancar o elevador.

LUCAS AZEVEDO, Agência Estado

11 Dezembro 2012 | 23h48

O assalto ocorreu por volta das 18h30min, quando a dupla armada entrou no prédio e rumou para o quinto andar. Desconfiado, o porteiro avisou o zelador, Mariosvaldo Guimarães, 50 anos, que subiu para verificar. Ao bater na porta da joalheria, ele foi rendido com outras pessoas que estavam no local.

Com a demora do retorno de Guimarães, o porteiro trancou o elevador com os dois assaltantes e uma terceira pessoa dentro. Enquanto isso, o zelador se livrava das amarras, escapava pela janela e entrava em outra sala, pelo quinto andar, de onde chamou a polícia.

A Brigada Militar chegou ao local e, sem saber da situação dentro do elevador, começou a negociar com os assaltantes. Familiares dois e um advogado foram chamados. Por volta das 22h15min, a dupla liberou o suposto refém e se entregou. Eles foram levados para a área judiciária e serão encaminhados ao Presídio Central ainda esta noite.

Mais conteúdo sobre:
Porto Alegre assaltantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.