Avaliação do governo Lula bate novo recorde em meio à crise--CNT

A avaliação positiva do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em dezembro atingiu novo recorde de 71,1 por cento ante 68,8 por cento em setembro, apontou nesta segunda-feira pesquisa do instituto Sensus encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). O desempenho é o melhor desde 1998, quando o instituto começou a fazer a pesquisa para a CNT. A avaliação negativa do governo passou para 6,4 por cento em dezembro ante 6,8 por cento em setembro. O desempenho pessoal do presidente Lula foi aprovado por 80,3 por cento dos entrevistados este mês frente aos 77,7 por cento na sondagem anterior. A pesquisa avaliou mais uma vez a intenção de voto para a sucessão presidencial em 2010 e o governador de São Paulo, José Serra (PSDB) manteve a liderança na consulta estimulada. Serra tem 46,5 por cento das intenções de voto, enquanto a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), está em terceiro lugar, com 10,4 por cento. Heloisa Helena (PSOL) é a segunda colocada com 12,5 por cento. Sobre a crise financeira global, 83,5 por cento dos entrevistados disseram ter tomado conhecimento, dos quais 41,9 por cento acham que o Brasil sairá fortalecido. Contraditoriamente, 40 por cento deste mesmo universo acham que o Brasil não está preparado para enfrentar a crise. A pesquisa CNT/Sensus foi realizada entre os dias 8 e 12 deste mês com 2.000 entrevistados em 136 municípios. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais. (Reportagem de Fernando Exman)

REUTERS

15 Dezembro 2008 | 12h16

Mais conteúdo sobre:
POLITICA CNT SENSUS DEZEMBRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.