1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine

Beija-Flor faz desfile correto e repleto de estrelas

FÁBIO GRELLET - Agência Estado

03 Março 2014 | 06h 41

Uma das principais favoritas ao título do carnaval carioca deste ano, a Beija-Flor fez um desfile correto, porém menos emocionante do que a reunião de aproximadamente 80 artistas da TV Globo permitia prever. A escola prestou homenagem ao empresário e ex-superintendente da TV Globo José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni.

A comissão de frente apresentou-se acompanhada por uma estrutura de metal que permitia a alguns integrantes, vestidos como beija-flores, ''flutuarem'' amarrados por cordas. O efeito especial surpreendeu e arrancou aplausos.

Ao longo das alas, a escola contou a história da comunicação, relacionando-a com a história de Boni como profissional da área. O carro abre-alas, por exemplo, fazia menção à fábula da torre de babel. A alegoria seguinte se referia à China, onde o papel foi inventado.

O carro alegórico que mais atraiu o público, porém, foi o sétimo, que representava as telecomunicações e a TV. Ali estavam os cerca de 80 artistas convidados por Boni, como Lima Duarte, Leo Batista, Tarcísio Meira, Antonio Fagundes, Ary Fontoura, Regina Duarte, Susana Vieira, Maitê Proença, Renato Aragão, Pedro Bial, Glória Maria e muitos outros que trabalham ou trabalharam com o homenageado. Da lista de convidados, segundo Boni, só seu filho Boninho e a atriz Fernanda Montenegro não puderam comparecer, por compromissos profissionais. À frente do carro alegórico, no chão, desfilou o diretor de TV Jorge Fernando.

Boni desfilou à frente da bateria, acompanhado pela mulher, Lou, ele fantasiado de Charles Chaplin e ela de violeteira. Ao final do desfile, cercado por amigos, ele comemorou como se tivesse ganho o título.

A confiança na vitória foi compartilhada por Laíla, o diretor de carnaval da Beija-Flor. "O desfile transcorreu conforme esperávamos. Eu saio da Sapucaí me sentindo campeão", previu o carnavalesco.