BenQ anuncia fechamento de filial na Alemanha

A empresa taiuanesa BenQ, quarta maior fabricante de aparelhos móveis do mundo, anunciou nesta quarta-feira o início da liquidação de sua filial de telefonia celular adquirida há um ano do gigante alemão Siemens AG. A filial de telefonia celular da BenQ na Alemanha iniciou os trâmites de insolvência, após o fim do prazo de três meses da declaração de quebra. O grupo taiuanês fabrica produtos eletrônicos como televisores, computadores e reprodutores de MP3, fornece equipamentos para a Motorola, Nokia e Kyocera, e em 7 de junho de 2005 se tornou o quarto maior fabricante de aparelhos móveis ao assinar a compra da divisão de celulares da Siemens. A liquidação desta divisão pode ser evitada se um investidor estiver disposto a assumir a empresa, assinalou um porta-voz da BenQ. A empresa taiuanesa anunciou, em outubro de 2006, que tinha sofrido perdas de US$ 330 milhões em sua filial alemã de telefonia celular. O fechamento da filial de telefonia celular da BenQ afetará os 3.000 empregados da empresa e fornecedores tais como as alemãs Infineon Technologies AG e Balda AG.

Agencia Estado,

03 Janeiro 2007 | 04h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.