Botucatu terá primeira Pinacoteca do interior de SP

O projeto de instalar a primeira Pinacoteca do interior de São Paulo em Botucatu, a 235 km da capital, sai definitivamente do papel. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito da cidade, João Cury Neto (PSDB), assinam nesta quarta-feira (26) convênio que possibilita a reforma do prédio do antigo Fórum da cidade para abrigar parte do acervo guardado na Pinacoteca de São Paulo. O Estado repassará R$ 11 milhões para o município, responsável pela reforma e adaptação do prédio de 2,8 mil metros quadrados, que abrigará também o Museu da Arte Contemporânea Itajahy Martins.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

25 Dezembro 2012 | 17h17

De acordo com o secretário estadual da Cultura, Marcelo Araujo, a instalação da Pinacoteca Botucatu possibilitará à população do interior acesso a bens culturais de alta qualidade. O novo edifício deve ser inaugurado no primeiro semestre de 2014, quando o prédio completa 90 anos. O prédio que abrigou o Fórum no interior também foi projetado pelo arquiteto Ramos de Azevedo, assim como a Pinacoteca do Estado, no Parque da Luz, e o edifício atualmente ocupado pela Estação Pinacoteca, ambos no centro da capital. Conforme o projeto, o piso térreo do edifício receberá o acervo com 300 obras de artistas nacionais e internacionais do Museu Itajahy Martins. O espaço terá também recepção, bilheteria, café e loja.

No primeiro andar ficará a parte expositiva da Pinacoteca. No segundo piso, será instalada a área administrativa. O subsolo será utilizado como área de serviços. A Pinacoteca Botucatu receberá periodicamente parte do acervo de sua matriz na capital. O grande salão de júri do primeiro piso será ocupado por uma exposição de longa duração - um panorama da arte brasileira da segunda metade do século 19 aos dias atuais. As salas menores serão usadas para mostras temporárias de fotografia e gravura. A expectativa é de que as atividades atraiam a população de cidades num raio de 100 quilômetros. A prefeitura assumirá o custeio da Pinacoteca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.