Cadela adota filhote de gato nos Estados Unidos

Um filhote de gato abandonado foi adotado por uma cadela de 3 anos nos Estados Unidos. O animalzinho aproveitou a inusitada cooperação para mamar o leite da cachorra de manhã, de noite e até após as sonecas. "Isso não acontece freqüentemente", disse o veterinário John Beck, que acrescentou que o gatinho "teve sorte" em achar um cão com instintos maternos tão aguçados. O filhote, agora chamado Tahoe, foi encontrado sob a tampa da caminhonete Chevrolet Tahoe de Eunice Collins há algumas semanas. Eunice, com pena, ficou com o gato. Quatro dias depois, a mulher viu sua cadela Lillie, da raça dachshund, alimentando-o, com o gatinho ronronando e pressionando as mamas de sua "mãe adotiva". "Não acreditei quando vi", disse Eunice. "Ela adotou Tahoe como seu filhote e desde então vem alimentando e cuidando dele. Eles vivem grudados." Beck afirmou que a presença de Tahoe na casa "induziu a uma falsa gravidez", que fez com que "fossem produzidos hormônios responsáveis pela produção de leite". "Agora tenho certeza de que o gato, obviamente, acredita que a cadela é sua mãe."

Associated Press

09 Julho 2007 | 18h26

Mais conteúdo sobre:
cachorro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.