CES: Skype diz que é cedo para versão para celular

A empresa de chamadas telefônicas pela internet Skype acredita que o mundo da telefonia móvel ainda não está pronto para uma versão de seu serviço que poderia ser baixada em qualquer celular, devido às tarifas elevadas cobradas pelas operadoras. Os serviços da Skype precisam de uma conexão rápida com a internet para chamadas de voz, deixando de lado o uso das redes de telefonia tradicionais. Chamadas via Skype a outros usuários do software Skype são gratuitas, e telefonemas a números convencionais têm preço menor que o cobrado por operadoras fixas uma vez que a chamada circula em parte pela Web. Se um usuário de celular tiver uma conexão móvel de dados de baixo custo, o uso do Skype, especialmente para ligações de longa distância, poderia representar economia substancial - mas até o momento não existem muitos planos baratos para transmissão de dados sem fio. A empresa recentemente lançou uma versão do software Skype destinada a um celular Nokia de terceira geração que funciona em uma rede de banda larga sem fio controlada pela operadora 3, o que reforçou as expectativas de que o serviço em breve esteja disponível para mais celulares. A 3 é controlada pela Hutchison Whampoa, no Reino Unido. Mas o vice-presidente de desenvolvimento de negócios de hardware e software da Skype, Eric Lagier, disse em entrevista na Consumer Electronics Show, em Las Vegas, que embora o trabalho de desenvolvimento esteja sendo executado, a maior parte das demais operadoras de telefonia móvel não havia criado pacotes atraentes e a preço fixo para acesso a redes de banda larga, o que é necessário para que as vantagens da telefonia via Internet possam ser aproveitadas ao máximo. De fato, a maioria das operadoras de telefonia móvel tem tarifas baseadas em volume de uso - quanto mais megabytes baixados, maior o preço. "Não queremos estar numa situação em que alegamos que a Skype é grátis e, no final do mês, nossos usuários têm de pagar contas salgadas pelo uso da banda larga", disse Lagier. A operadora 3 é um dos raros casos de rede móvel que abriu acesso de banda larga a preços relativamente baixos. Por cinco libras (US$ 9,69) ao mês, o assinante ganha acesso ilimitado a telefonemas via Skype, além de acesso ilimitado à internet, podcasts e ao comunicador instantâneo Windows Live Messenger.

Agencia Estado,

11 Janeiro 2007 | 11h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.