Chefes de equipes elegem Alonso como piloto do ano

Os dirigentes das equipes da Fórmula 1 elegeram Fernando Alonso, da Ferrari, como o melhor piloto do ano, apesar de Sebastian Vettel, da Red Bull, ter se tornado aos 25 anos o mais jovem tricampeão da história da categoria.

Reuters

13 Dezembro 2012 | 17h30

A revista britânica Autosport ouviu todos os chefes de equipes para a pesquisa, pedindo a cada um que fizesse uma lista dos dez melhores, atribuindo-lhes a mesma pontuação das corridas. Alonso venceu com 269 pontos, contra 198 de Vettel.

Na pista, o espanhol ficou três pontos atrás do alemão, na temporada encerrada no GP do Brasil, em novembro.

As notas dos dirigentes foram mantidas em sigilo, mas a revista disse que 8 dos 12 preferiram Alonso. O ferrarista acabou tendo a maior margem de vitória nos cinco anos desde que o prêmio foi criado.

Alonso, campeão em 2005 e 2006, já havia sido eleito o melhor em 2010, quando Vettel ganhou seu primeiro título.

Lewis Hamilton, que está trocando a McLaren pela Mercedes, ficou em terceiro lugar no ranking, seguido por Kimmi Raikkonen (Lotus) e Jenson Button (McLaren).

(Reportagem de Alan Baldwin)

Mais conteúdo sobre:
F1 PREMIO PILOTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.