Ir para o conteúdo
ir para o conteúdo
 • 
Você está em Notícias >
Início do conteúdo

Chega a 6 número de feridos em acidente na Linha Amarela

28 de janeiro de 2014 | 14h 09
THAISE CONSTANCIO E MARCELO GOMES - Agência Estado

Subiu para seis o número de feridos no acidente envolvendo a queda de uma passarela de pedestres na Linha Amarela, zona norte do Rio de Janeiro, na manhã desta terça-feira, 28.

Os feridos foram identificados pelo Corpo de Bombeiros. Jairo Zenaide, de 44 anos, foi levado para o Hospital Federal de Bonsucesso, na zona norte do Rio. Ele sofreu traumatismo craniano e fratura na coluna.

Luis Fernando Costa, de 30 anos, motorista do caminhão que colidiu contra a passarela, foi levado para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, zona oeste. Está lúcido e passa bem.

Já Luis Carlos Magalhães, de 60 anos, estava no banco de trás do Palio prata que foi completamente amassado pela passarela. Sofreu traumatismo craniano e está em estado grave. Foi socorrido para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, zona norte.

Glaucia de Andrade foi transferida de helicóptero para o Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, na Região Metropolitana. Liliane Souza Rangel está no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio. Ainda não há informações sobre o estado de saúde das duas.

Um homem identificado como Nelio Rodrigues dirigia um Marea que passava na hora do acidente e também ficou ferido. Ainda não se sabe para qual hospital foi levado.

O secretário municipal de Conservação, Marcos Belchior, disse que a empresa Arco da Aliança não presta qualquer serviço para a Prefeitura. O caminhão que colidiu contra a passarela possuía um adesivo com o nome da empresa e outro que dizia "à serviço da Prefeitura".

"A empresa não presta qualquer serviço para a prefeitura. O que ocorre é que a prefeitura credencia algumas empresas que retiram caçambas de lixo".

O site da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) lista dezenas de empresas credenciadas para o serviço. A Arco da Aliança Comércio e Serviços Ltda. consta da relação.

Inquérito

A Polícia Civil do Rio informou que foi instaurado inquérito na 44.ª DP, em Inhaúma, para "apurar as circunstâncias" do acidente. O delegado Fábio Asty esteve no Hospital Municipal Lourenço Jorge para ouvir o motorista do caminhão. Testemunhas estão sendo chamadas para prestar depoimento e as câmeras de circuito de segurança da Linha Amarela foram solicitadas. O delegado aguarda a liberação médica das vítimas sobreviventes para que sejam ouvidas. Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) estão no local para realizar a perícia.



Tópicos: Passarela, Queda, Rio, Feridos

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui

Siga o Estadão




Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo