Ciência às borbulhas No dia da criança, comida para crianças

O Estado de S.Paulo

11 Outubro 2012 | 03h13

Pesquisadores irlandeses desenvolveram um novo material, graças a nanociência, que irá ajudar a prolongar a vida útil das cerveja em garrafas plásticas. Cervejas engarrafadas em recipientes plásticos estragavam rapidamente porque o oxigênio e o dióxido de carbono reagiam com o plástico deixando a bebida azeda.

A solução encontrada foi criar nano-folhas de nitreto de boro, com espessura 50 mil vezes mais fina que um fio de cabelo humano. Na garrafa, essas folhinhas são misturadas ao plástico deixando as paredes impermeáveis para os gases, conservando, assim, o sabor da bebida por mais tempo. A tecnologia foi criada por cientistas do Instituto Nanociência do Trinity College, em Dublin, com o patrocínio de uma grande marca de cerveja pelos próximos dois anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.