Conheça a acrobata que desafiou a morte a 87 metros de altura

Seanna Sharpe foi presa por invasão a área restrita, mas diz que não se arrepende.

BBC Brasil, BBC

03 Dezembro 2012 | 11h45

Quando a acrobata Seanna Sharpe fez uma apresentação a 87 metros de altura, na ponte de Williamsburg, em Nova York, em 2011, ela ganhou fama mundial, mas foi presa por invasão de área restrita.

Um dos elogios veio de Phillipe Petit, que, na década de 70, andou em uma corda suspensa entre as Torres Gêmeas do World Trade Center, também em Nova York. Ele declarou que já era hora de alguém fazer uso da maravilhosa arquitetura da cidade.

Em uma entrevista à BBC, Seanna contou mais sobre suas impressões da performance feita em julho de 2011 e sobre a sua filosofia de vida.

Ela faz aulas de circo desde os 16 anos e tem conhecimentos de trapézio, acrobacia, dança e escalada.

A acrobata usa diversos locais como palco, de fachadas de prédios ao metrô nova-iorquino. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
also acrobata ponte risco perigo circo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.