Converter CDs para MP3 é fácil, mas players precisam ser configurados

Quer extrair as músicas de um CD para o HD do seu computador? A tarefa é simples e tanto com o Winamp quanto com o Windows Media Player e iTunes é possível ter um álbum físico transformado em arquivos de áudio. Mas sem ficar atento a alguns detalhes, o usuário pode acabar com músicas em um formato indesejado e com tags faltando. Quando for extrair as faixas de algum CD para MP3 através do iTunes, o primeiro passo é negar o convite automático que o software exibe antes de começar o processo de transferência. Selecione as músicas desejadas, clique com o botão direito do mouse e selecione a opção "converter seleção para MP3". Na aba "Avançadas" do menu "Preferências", é possível definir esse formato como padrão em "importação", para as próximas vezes que o processo for repetido. Basta selecionar o "codificador MP3" no campo "importar usando". O Windows Media Player (WMP) vem com suporte para transferência para MP3 desde a versão 10 do software, lançada em 2006. O formato padrão é o WMA, mas é possível mudar a configuração a partir da aba "copiar música" no menu "opções", dentro de "ferramentas". Altere o campo "formato" para conseguir uma cópia no bom e velho MP3. Para adicionar informações às tags vazias, selecione a opção "localizar informações sobre o álbum" ao lado do botão "copiar música". Na versão mais recente do Winamp, o processo não foge à regra. Para transformar seu disco físico em arquivos de áudio, basta acessar o menu "CD ripping preferences" no ícone "Audio CD" da biblioteca de mídia. Na aba "Encoder" há um campo em que o usuário pode escolher entre exportar para diversos formatos, entre eles WAV e MP4. Para obter arquivos em áudio MP3, a Nullsoft exige que a versão "Pro" seja adquirida. Aí é preciso sacar US$ 20 para fazer o download da atualização.

Marcus Vinicius Brasil,

11 Agosto 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.