Cota por renda fica de fora

O governado Geraldo Alckmin solicitou aos reitores das três universidades estaduais a formulação de uma política de inclusão para não ficar para trás da Lei de Cotas do governo federal, que institui reserva de cotas nas universidades federais. Como revelou o Estado em novembro, os reitores de USP, Unicamp e Unesp começaram a discutir o plano apresentado ao governador em outubro deste ano.

O Estado de S.Paulo

21 Dezembro 2012 | 02h10

Os porcentuais de reserva para alunos de escola pública são similares ao da Lei. Já critérios socioeconômicos, como a reserva de parte das vagas para alunos com renda familiar inferior a 1,5 salário mínimo, fazia parte dos planos iniciais, mas foi suprimido na proposta final. A proposta contendo um college para, entre outras coisas, nivelar os alunos de escola pública foi inspirado em projeto vigente na Unicamp.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.