1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine

Criança está em estado gravíssimo após ataque no Maranhão

Mateus Fagundes - Agência Estado

04 Janeiro 2014 | 17h 01

Vítima teve 90% do corpo queimado depois de criminosos atearem fogo em ônibus

O estado de saúde de uma das crianças feridas durante ataque de criminosos em São Luís é gravíssimo, segundo o Hospital Municipal Clementino de Moura. Ela tem seis anos, está com 90% do corpo queimado e segue entubada na Unidade de Terapia Intensiva.

Outras quatro pessoas estão feridas. Três em estado grave, sendo uma também criança. A ação dos criminosos ocorreu na noite desta sexta-feira, 3. Eles jogaram gasolina e atearam fogo aos coletivos enquanto os passageiros ainda estavam nos veículos.

A ordem para os ataques partiu dos bandidos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. Em nota, o governo do Maranhão informou que os mandantes dos ataques já foram identificados e que está reforçando o policiamento na capital do Estado.

A polícia maranhense ainda investiga se a execução do policial militar reformado Antônio César Cerejo tem ligação com a onda de terror promovida pelos membros de duas facções criminosas que lutam pelo controle do tráfico de drogas em São Luís.