Detectado vínculo entre câncer de próstata e diabetes

Estudo publicado na ´Nature Genetics´ revela que homens têm menos risco

Agencia Estado

02 Julho 2007 | 08h55

Uma equipe internacional de cientistas detectou um vínculo genético entre o diabetes tipo 2 e o câncer de próstata. Os pesquisadores também identificaram duas variações genéticas do cromossomo 17 que elevam "ligeiramente" o risco de sofrer este tipo de câncer, explicou à Efe o chefe da seção do Serviço de Oncologia Médica do Hospital Clínico Universitário de Zaragoza, José Ignacio Mayordomo, um dos cientistas envolvidos no trabalho. O artigo no qual se expõem as conclusões da pesquisa, publicado esta semana pela revista Nature Genetics, apresenta as primeiras evidências genéticas que demonstram o vínculo entre o câncer de próstata e o diabetes tipo 2. Isso confirma o que estudos epidemiológicos anteriores já tinham revelado: os homens com diabetes têm menos risco de sofrer câncer de próstata. Variações genéticas Segundo o especialista, "isto era conhecido epidemiologicamente, mas agora se identificou um gene que protege do diabetes, mas eleva o risco de sofrer câncer de próstata". Esta variação genética está implicada no metabolismo da glicose, e uma das características das células tumorais é o aumento do gasto de energia e as remodelações no metabolismo da glicose, por isso o estudo do gene pode levar, a médio prazo, a novos tratamentos contra o câncer e em medidas de prevenção. O trabalho se concentrou na localização das variações genéticas que predispõem certos homens a sofrer câncer de próstata. Esta doença costuma ocorrer em idades avançadas, a partir dos 60 anos, mas estão surgindo casos em homens mais novos (40 e 50 anos). O câncer afeta uma média de um homem em cada dez. ´Não é certo´ As pessoas nas quais se detecte alguma das duas variações genéticas do cromossomo 17 identificadas têm um risco 21% maior que o da população em geral de desenvolver câncer de próstata ao longo da vida, explicou Mayordomo. A recomendação deveria ser que evitassem fatores de risco como a obesidade ou as dietas ricas em gorduras animais. Entre as causas do câncer de próstata, "a carga genética" costuma pesar menos que os fatores ambientais, portanto "não é certo" que as pessoas que possuem variações genéticas específicos desenvolverão câncer de próstata, mas seu estilo de vida deveria ser mais saudável, segundo o especialista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.