1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine

Dilma destina recursos do PAC Mobilidade Urbana

RAFAEL MORAES MOURA E TÂNIA MONTEIRO - Agência Estado

02 Julho 2014 | 20h 53

A presidente Dilma Rousseff assinou na noite desta quarta-feira, 2, contratos do PAC Mobilidade Urbana para a região do grande ABC paulista, além de anunciar investimentos para as cidades de Campos dos Goytacazes (RJ) e Rio Branco, capital do Acre. Ao contrário do esperado, não houve uma cerimônia no Palácio do Planalto para marcar a assinatura dos contratos - o ato foi feito em uma sala de reuniões, sem a presença de jornalistas, em uma rápida cerimônia aberta apenas fotógrafos e cinegrafistas.

Segundo a assessoria do Ministério das Cidades, foram assinados termos de compromisso de empreendimentos selecionados no PAC Mobilidade Urbana para as cidades de São Bernardo do Campo (R$ 97,6 milhões), Diadema (R$ 125 milhões), Mauá (R$ 90 milhões) e Rio Grande da Serra (R$ 41 milhões). Não foram informados os projetos beneficiados nem o prazo para a entrega dessas obras. São Bernardo do Campo também foi contemplada com a assinatura de um contrato de financiamento no valor de R$ 165 milhões para o corredor Norte e Sul, informou o ministério.

Também foi assinado termo de compromisso com o consórcio intermunicipal Grande ABC no valor R$ 31,6 milhões para elaboração de projetos de mobilidade urbana para municípios da região. No caso de Campos dos Goytacazes, Dilma destinou R$ 462 milhões para a implantação de um aeromóvel nos moldes do que existe em Porto Alegre (RS), no aeroporto Salgado Filho, informou a assessoria do Ministério das Cidades. A cidade também vai receber R$ 1 milhão para a elaboração de estudos de viabilidade técnica e econômica para a implantação de um VLT.

Rio Branco, por sua vez, receberá R$ 69 milhões para, entre outras coisas, construir uma ponte sobre o Rio Acre e implantar corredores de ônibus no centro da cidade. A presidente Dilma Rousseff tinha prevista uma viagem para Rio Branco no último domingo, onde entregaria unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida. A viagem foi cancelada em cima da hora sem qualquer justificativa.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo