Dilma diz querer 'pibão grandão' em 2013

A presidente Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira querer um "pibão grandão" para a economia brasileira no ano que vem.

Reuters

20 Dezembro 2012 | 13h13

A breve frase foi dita após cerimônia de lançamento do plano de investimentos em aeroportos no Palácio do Planalto, quando a presidente foi questionada sobre qual percentual de expansão do Produto Interno Bruto (PIB) esperava para 2013.

O Banco Central espera crescimento de 1 por cento na economia neste ano e, para o ano que vem, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, trabalha com expansão de 4 por cento.

Em seu discurso durante a cerimônia de lançamento do plano, a presidente disse que seu governo tem trabalhado para melhorar o ambiente de negócios no Brasil, com o objetivo de elevar os investimentos produtivos.

A fraqueza dos investimentos tem impactado no resultado da expansão da economia, e o governo vem adotado medidas de incentivo, como desonerações para alguns setores da indústria.

Também nesta quinta, Dilma reiterou que buscará reduzir a carga tributária e avaliou que atualmente se pratica no país uma taxa de câmbio "mais realista".

O plano de investimentos em aeroportos anunciado pelo governo federal inclui 7,3 bilhões de reais em investimentos na aviação regional, além da concessão dos aeroportos do Galeão, no Rio de Janeiro, e de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte, que exigirão investimentos de 11,4 bilhões de reais.

(Reportagem de Leonardo Goy e Hugo Bachega)

Mais conteúdo sobre:
ESP POLITICA DILMA PIBAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.